Recordista de medalhas em Jogos de Inverno, Ole Einar Bjørndalen anuncia aposentadoria


O norueguês Ole Einar Bjørndalen, o atleta olímpico de inverno mais medalhado, com um total de 13 medalhas, anunciou em lágrimas a aposentadoria do biatlo nesta terça-feira (3), de acordo com a União Internacional de Biatlo.

"Minha motivação é imparável", disse ele, de acordo com o IBU. “Eu tenho o prazer e a motivação para me dedicar a esportes que são simplesmente incríveis. Eu gostaria de levar mais alguns anos, mas esta é a última temporada.”

A carreira olímpica do rei do biatlo terminou há dois meses, quando ele ficou de fora da equipe da Noruega para PyeongChang, encerrando o sonho de uma sétima Olimpíada de Inverno.

Bjørndalen foi preterido por causa da má forma até aquele momento na temporada, tendo como melhor resultado o 18° lugar. Ele também competiu nas últimas três etapas de Copas do Mundo depois das Olimpíadas. Bjørndalen também teve três episódios do problema cardíaco durante a temporada.

"Não é perigoso, mas é um desconforto", disse ele. “Eu sempre tenho isso em um estado de descanso, nunca sob estresse, então eu nunca tinha certeza se deveria competir. Nós temos isso sob controle. Respondi bem e recebi uma ajuda muito boa da minha equipe de saúde, mas sempre fui uma preocupação ”.

Bjørndalen tornou-se o mais velho campeão individual olímpico de Inverno em Sochi, onde também passou o compatriota Bjørn Daehlie para o recorde de medalhas nos Jogos de Inverno e empatou com Daehlie para a carreira de medalha de ouro (oito).

Em PyeongChang, a esquiadora Marit Bjørgen conquistou cinco medalhas e duas medalhas de ouro para quebrar o recorde de medalhas (15), empatando com Bjøerndalen e Daehlie com oito medalhas de ouro.

Foto: AP


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes