Rafael Macedo fatura o ouro na categoria até 90kg e Brasil leva três medalhas no Grand Prix de Judô em Tbilisi

O brasileiro Rafael Macedo brilhou na Geórgia na manhã deste domingo, 01, ao derrotar o anfitrião Giorgi Papunashvili por um waza-ari na grande final do peso Médio (90kg) masculino. Foi a terceira medalha do Brasil, que fechou a competição com o ouro de Macedo, uma prata, de Daniel Cargnin (66kg), e um bronze, de Sarah Menezes (48kg). Os resultados colocaram o país no terceiro lugar no quadro geral de medalhas da competição, atrás apenas de Geórgia e França.

"Estou muito feliz por essa medalha de ouro. É uma medalha importante para eu ganhar mais pontos no ranking e conquistar minhas vagas para as próximas competições. Agradeço pela torcida e por todo apoio", comemorou Rafael, que somou 700 pontos no Ranking Mundial e vai melhorar seu 33º lugar na próxima atualização do Ranking.

Para chegar à final, o brasileiro derrotou o iraniano Vahid Nouri, por um waza-ari, nas oitavas-de-final. Em seguida, conseguiu o ippon contra o francês Ibrahim Keita para avançar à semifinal, onde sobrou diante do grego Theodoros Tselidis, vencendo o combate com um waza-ari e o ippon (chave de braço).

Esse foi o primeiro título de Macedo no Circuito Mundial Sênior. Aos 23 anos, ele está em processo de transição das categorias de base para a classe adulta e já tem uma prata no Grand Prix de Zagreb 2017, além do bronze no Pan-Americano da Cidade do Panamá 2017. Em 2014, ainda no meio-médio (81kg), Rafael se sagrou campeão mundial júnior (sub 21).  

Outros três brasileiros lutaram neste domingo, mas não avançaram às disputas por medalhas. O peso-médio (90kg) Gustavo Assis estreou com vitória sobre Quedjau Nhabali (UKR), mas caiu nas oitavas para o adversário de Rafael na final, Papunashvili. 

No meio-pesado (100kg), Leonardo Gonçalves não passou pelo também georgiano Onise Saneblidze. E, no peso Pesado (+100kg), Jonas Inocêncio terminou em sétimo lugar ao cair na repescagem contra Hamza Ouchani, da França.

Após o Grand Prix de Tbilisi a delegação brasileira permanecerá na Geórgia para treinamentos e seguirá para a Turquia, onde disputará o Grand Prix em Antalya já no próximo final de semana. 

Foto: Divulgação



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes