Mundial de Curling para Duplas Mistas 2018 - Dia 6

O Brasil se despediu nesta quinta-feira (26) com vitória do Mundial de Curling para Duplas Mistas, que está sendo realizado em Ostersund (SWE).

Ao contrário do que dissemos na quarta-feira (25), o Brasil chegou com esperanças de avançar para as oitavas de final, mas precisava vencer a Irlanda na última partida do grupo E, que a Alemanha derrotasse a Áustria,a República Tcheca batesse a Guiana e que uma outra combinação de resultados em outros grupos o ajudassem a passar como melhor quarto colocado.

A dupla Aline Gonçalves e Marcio Cerquinho fez a sua parte e em um jogo bastante apertando, derrotou a Irlanda por 7-6. O jogo estava empatado em 6-6 após o penúltimo end, e os brasileiros marcaram um ponto para derrotar os irlandeses no end derradeiro.

Dentro do mesmo grupo os resultados ajudaram: a Alemanha superou a Áustria por 8-6 e a República Tcheca derrotou a Guiana por 10-1. Aconteceu um empate triplo entre Brasil, Guiana e Alemanha e o desempate foi no DSC (Draw Shot Challenge) em que o Brasil foi favorecido.

Para quem sabe o que o DSC usa o LSD (Last Stone Draw), que segundo as palavras do Gustavo Longo do site Brasil Zero Grau é: "algo como última pedra lançada! Antes de cada jogo as equipes fazem dois lançamentos até o alvo no curling para determinar a distância até o centro. A média dessa distância (excluindo os dois piores resultados) dá seu resultado."

Os resultados não colaboraram, principalmente a derrota da Finlândia para o Japão por 6-5 no grupo C, que eliminou definitivamente o Brasil do Mundial, que se despediu na 17ª colocação, a melhor da história do país.

Assim ficaram as oitavas de final do Mundial, que acontecerão amanhã:
Coréia do Sul - Finlândia
Escócia - Japão
Noruega - Rússia
Suécia - China
Suíça - Itália
Estados Unidos - Hungria
Estônia - Turquia
Canadá - República Tcheca

Foto: WCF





Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes