Lance Armstrong chega a acordo em processo e paga cinco milhões de dólares a patrocinador


Lance Armstrong aceitou pagar uma indenização de cinco milhões de dólares (Dezessete milhões de reais) para encerrar o processo judicial que o governo federal norte-americano tinha contra ele por fraude, na sequência da confissão do uso de doping durante boa parte da carreira.

O antigo ciclista foi, durante vários anos, patrocinados pela United States Postal Service (USPS), a empresa norte-americana de correios aceitando milhões de dólares vindo de uma entidade pública era usado para financiar o esquema de dopagem que mantinha na equipe e que lhe permitiu ganhar várias provas ao longo da carreira. A empresa entrou com o processo alegando danos à sua imagem.

Lance confessou estar aliviado com o final do processo: "Só quero seguir com a minha vida. Quero dedicar-me a muitas coisas, aos meus cinco filhos, à minha mulher, o meu podcast, projetos de escrita e filmes e o meu trabalho como sobrevivente de câncer."

Caso perdesse o julgamento, Armstrong poderia pagar valores que chegaria a US$ 100 milhões. O processo seria julgado em duas semanas. A USPS assinou dois contratos de patrocínio com o atleta no período de 1999 a 2004, ambos com cláusulas antidoping que foram descumpridas.

O ciclista norte-americano, de 46 anos, venceu sete Tours de França, entre 1999 e 2005, mas foram-lhe retirados todos os triunfos, estes e outros, depois de ter confessado ter se dopado durante esse período em 2013.

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes