Dupla brasileira disputa o Mundial de Curling para Duplas Mistas na Suécia

O Brasil faz sua estreia no sábado, dia 21, no Campeonato Mundial de Duplas Mistas de Curling, em Östersund, na Suécia. O país será representado na competição pela parceria formada por Aline Gonçalves e Marcio Cerquinho. 

O primeiro confronto está marcado para 15h de Brasília contra Zuzana Hajkova e Tomas Pau, da República Tcheca.

A dupla brasileira está no Grupo E do Mundial. Terá pela frente adversários da Alemanha, Áustria, Canadá, Coreia do Sul, Guiana, Irlanda do Norte e República Tcheca. As 16 melhores parcerias da fase de grupos avançam às oitavas de final. A partir daí, a disputa passa a ser em sistema de mata-mata. A competição vai até o próximo dia 28.

Essa é a 11ª edição do Campeonato Mundial. O Brasil estreou em 2014 e, desde então, jamais esteve ausente. 

“Para o Brasil, este Mundial tem o potencial de representar uma consolidação do curling de duplas. É a quinta participação seguida. E houve uma evolução significativa entre a primeira, em 2014, e agora, 2018. Esperamos contribuir ainda mais para essa melhoria e levar o país mais longe na competição”, diz Aline Gonçalves. 

Em 2014 e 2015, o Brasil conquistou uma vitória em cada edição do Mundial. Em 2016, venceu dois jogos e fez partidas equilibradas em seu grupo. Em 2017, foram três triunfos e por pouco não veio a classificação para as oitavas de final.

Os dois jogadores brasileiros já têm experiência prévia na competição. Aline vai jogar pela quarta vez (2014, 2015 e 2016). Marcio Cerquinho já esteve na disputa em 2017. 

“Nossa expectativa é melhorar a campanha do ano passado, que é a melhor do Brasil até hoje em duplas mistas. Esperamos obter a quarta vitória, o que nos colocaria em boa posição para avançar aos playoffs. Faremos nosso melhor para que isso aconteça”, acrescenta Aline, que ao lado de Cerquinho conquistou no ano passado o título brasileiro de duplas mistas em Toronto, no Canadá. 

A Suíça é a atual detentora do título mundial de duplas mistas de curling, com a parceria formada por Jenny Perret e Martin Rios. Nos Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang 2018, a medalha de ouro foi para os canadenses Kaitlyn Lawes e John Morris.

O curling é um dos esportes mais populares entre as modalidades de inverno. A disputa consiste no lançamento de pedras até o alvo do outro lado da pista. Para alterar a velocidade de deslocamento da pedra, os atletas usam vassouras a fim de diminuir o atrito com o gelo. As partidas de duplas são disputadas em oito ends (períodos) e cada time lança seis pedras. A cada end, as pedras mais próximas do centro do alvo valem pontos. No fim, vence quem tiver somado mais pontos no jogo. 

Confira a tabela completa do Brasil na primeira fase do Mundial: 
21/4 (sábado): Brasil x República Tcheca, 15h 
22/4 (domingo): Brasil x Alemanha, 9h30 
22/4 (domingo): Brasil x Canadá, 16h 
23/4 (segunda-feira): Brasil x Áustría, 6h15 
24/4 (terça-feira): Brasil x Coreia do Sul, 3h 
25/4 (quarta-feira): Brasil x Guiana, 12h45 
26/4 (quinta-feira): Brasil x Irlanda, 4h 
Obs.: horários de Brasília

Foto: Divulgação/CBDG


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes