Com marcas expressivas, Brasil define Revezamento 4x100m para o Pan-Pacifico no Troféu Brasil de Natação

O Troféu Brasil de Natação foi, na quinta-feira (18), excepcional para as provas de velocidade do Brasil, que tiveram como grandes destaques Pedro Spajari e Gabriel Santos. A disputa dos 100m livre definiu o revezamento que irá ao Pan-Pacifico de Natação, em Tóquio. Além da dupla do Pinheiros, Leonardo de Deus fez um de seus melhores tempos na carreira nos 200m borboleta.

Um dos maiores momentos da competição até aqui aconteceu ainda nas eliminatórias, na manhã desta quinta-feira. Pedro Spajari, de 21 anos, fez o segundo melhor tempo do mundo neste ano nos 100m livre (47s95). Na final, porém, foi a vez de Gabriel Santos brilhar. O atleta, também do Pinheiros, nadou na casa dos 47s e venceu a disputa, deixando Spajari com a prata (48s01) e Marco Antônio Ferreira, do Minas Tênis Clube, com o bronze (48s46). Além do trio, Marcelo Chierighini (48s48) completará o revezamento do Brasil no Pan-Pacific.

“Estou buscando esse 47s há algum tempo. Desde o Maria Lenk do ano passado, quando fiz 48s11, pensei: agora quero o 47s. Veio agora, no Troféu Brasil, e estou muito feliz. Agora é continuar trabalhando visando o Pan-Pacific”, disse Gabriel.


“Fiz minhas melhores marcas hoje. Infelizmente não consegui repetir o tempo da manhã, mas dei o meu melhor hoje aqui nesta piscina. É bola para frente para baixar cada vez mais esse tempo visando a competição mais importante do ano”, falou Spajari.

Na prova seguinte, os 200m borboleta, destaque para Leonardo de Deus. O atleta da Unisanta, que passou por uma virose há duas semanas, fez um de seus melhores tempos da vida: 1m55s05. Léo foi seguido de perto por Luiz Altamir Lopes Melo, do Pinheiros, que completou a prova com o tempo de 1m55s92. Kaue Carvalho terminou com o bronze (1m56s76). Ao fim da prova, chorando, o campeão falou sobre a conquista.


“Eu tinha dito ao meu pai que talvez não conseguisse vir ao Troféu Brasil. Ele conversou comigo e coloquei na minha cabeça que não ia deixar todo meu trabalho ir para o ralo por causas de uma doença”, contou Leonardo de Deus.

Nos 50m peito, destaque para a dupla do Pinheiros João Gomes Júnior e Jhennifer Conceição que foram campeões. Nos 50m costas – que teve a presença de Cesar Cielo -, Guilherme Guido e Kira Toussaint levaram a medalha de ouro para Pinheiros e Minas Tênis Clube, respectivamente.

Foto: Divulgação/CBDA




Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes