Triatleta sul-africano está no hospital após ser atacado com serra


O triatleta sul-africano Mhlengi Gwala enquanto treinava foi atacado por três homens tentando cortar suas pernas com uma serra. O treinador de Gwala, Sandile Shange, disse à BBC que o jogador de 26 anos está estável no hospital e seus ferimentos não foram fatais. O ataque aconteceu nas primeiras horas de terça-feira (6) em Durban (RSA). Os homens conseguiram escapar.

O porta-voz da polícia, Nqobile Gwala, disse à BBC que um caso de tentativa de homicídio está sendo investigado.

"Ele pensou que estavam vindo para roubá-lo, parou e deu seu telefone, mas eles não queriam o telefone dele, não queriam seu relógio ou bicicleta", disse Shange. "Eles o arrastaram para o lado da estrada para alguns arbustos, pegaram uma serra e começaram a cortar as pernas. Eles continuaram cortando e quando eles chegaram ao osso, porque a serra não era tão afiada, a serra ficou presa. Quando eles viram que estava ficando preso, eles começaram na outra perna".

O triatleta sul-africano Henri Schoeman chamou o incidente de "nojento" no Twitter.

Gwala deveria competir nos campeonatos nacionais sul-africanos este mês.

"Quando ele falou com médicos, disseram que serão capazes de salvar a perna e ele poderá andar e correr novamente, mas é uma longa caminhada para a recuperação", disse Shange.

Foto: Divulgação/Facebook


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes