Tiro com Arco define sistema de qualificação para Tóquio 2020


A Federação Internacional de Tiro com Arco divulgou como será o sistema de qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A competição terá um total de 128 atletas. 64 em cada gênero. Cada país terá direito a levar no máximo 3 atletas por naipe. O Japão, como país sede, já tem 3 vagas garantidas tanto no masculino, quanto no feminino. Quatro vagas olímpicas, duas por gênero, serão distribuídas através de convites.

Cinco eventos serão realizados na capital japonesa: Individual masculino e feminino, competição por equipes masculina e feminina e a competição por equipes mistas, que fará sua estreia olímpica em Tóquio.

A principal competição que dará vaga olímpica será o Campeonato Mundial, que será realizado em 2019. Na competição por equipes, os oito melhores países por gênero, se classificarão automaticamente para os Jogos, ganhando 3 vagas cada. Haverá ainda uma nova oportunidade no torneio de qualificação mundial, que classifará outras 3 equipes por gênero.

No individual, os 4 melhores atletas por naipe oriundos de países que não classificarem na competição por equipes, também irão garantir vaga em Tóquio. Outras 3 vagas por gênero serão distribuídas nas competições continentais (Ásia, Europa e Américas com uma vaga cada), outras 13 vagas por gênero será distribuídas nos torneios de qualificação continentais (4 da Europa, 3 da Ásia e Américas, 2 da África e 1 da Oceania) e mais uma vaga por sexo será distribuída no qualificatório mundial.

A competição por equipes mistas classificará um total de 5 equipes, que sairão das competições continentais: Europa, Ásia, Américas, África e Oceania, com uma vaga cada. Cada país classificado terá uma vaga feminina e outra masculina.

Foto: Divulgação



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes