Primeira tenista negra a conquistar Grand Slam ganhará estátua no US Open

A United States Tennis Association (USTA) anunciou na terça-feira que Althea Gibson, uma das maiores tenistas da história dos Estados Unidos com cinco títulos de Grand Slams na carreira, ganhará uma estátua no complexo onde é realizado o US Open. A tenista é até hoje reconhecida por ter sido a primeira negra a conquistar um Grand Slam, em 1956, e abrir portas para que outros atletas negros fizessem o mesmo no esporte. Ela também foi treinadora das irmãs Venus e Serena Williams.

"É simples. Ela é a Jackie Robinson do tênis. Ela merece isso. Por romper as barreiras da cor da pele, ela tornou possível que toda pessoa negra depois dela tivesse a chance de alcançar suas metas no esporte" afirmou Katrina Adams, presidente da USTA, comparando com o primeiro atleta negro da história do baseball.

Althea Gibson faleceu em 2003, mas deixou um legado enorme para o tênis mundial. Ela influenciou, além dos negros, também a presença de mais tenistas mulheres e o reconhecimento por seus feitos. Billie Jean King, que tem lutado pela igualdade entre gêneros e leva seu nome ao complexo do US Open disse ter Gibson como um de seus ídolos no esporte.

"Nosso esporte deve muito para Althea e espero que as crianças de hoje e de amanhã saibam mais sobre ela e sejam inspiradas por ela. Althea Gibson é um tesouro americano e uma dos meus heróis mais importantes. Eu fico muito feliz que ela tenha finalmente sido homenageada no National Tennis Center (complexo do US Open)" afirmou Billie Jean King.


foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes