Etapa de Salzburg da Series A de caratê marca diversidade no pódio e bronze para Valéria Kumizaki


A cidade de Salzburg, na Áustria, recebeu neste final de semana mais uma etapa da Series A de caratê. A etapa contou com pódios bem diversificados, onde o país que mais conquistou medalhas foi o Japão, com 6 medalhas totais, seguido pelo Uzbequistão. A brasileira Valéria Kumizaki conquistou a medalha de bronze na categoria -55 kg.

Na categoria feminina -50 kg, a vitória foi da croata Jelena Pehar, que derrotou  a japonesa Chinatsu Endo para assegurar a medalha de ouro. A primeira medalha de bronze foi de Bakhriniso Babaeva, do Uzbequistão, e a segunda de Sanchez Estepa Rocio, da Espanha. A brasileira Manuella Guimarães caiu logo em sua estreia para a russa Daliya Asadullina por 1 a 0, dando adeus a competição.

Já a categoria mais leve entre os homens, -60 kg, foi conquistada por Sadriddin Saymatov, do Uzbequistão. Na final Saymatov bateu Nenad Dulovic por 1 a 0. Michael Dasoul, da Bélgica, e Nader Azzouizi, da Tunísia ficaram com as duas medalhas de bronze. Os brasileiros Rafael Nascimento, Andrew Vicente e Gabriel Stankunas caíram antes da fase de repescagem e saíram sem medalhas.

A croata Alesandra Hasani foi a campeã na categoria -55 kg derrotando na disputa final a italiana Lorena Busa por 5 a 1. Um dos bronzes em disputa foi conquistado pela brasileira Valéria Kumizaki, que após ser derrotada pela italiana Busa foi para a repescagem, avançou em sua chave e bateu a escocesa Amy Connell por 4 a 0 para garantir a medalha. O outro bronze ficou com Jennifer Warling, de Luxemburgo. A outra brasileira na disputa, Marcia Mafra, perdeu na primeira luta.

A medalha de ouro da categoria -67 kg masculina ficou com o japonês Masamichi Funahashi que derrotou o uzbeque Ikbolion Uzakov por 5 a 0. Medalhas de bronze para ucraniano Hnat Pak e para o japonês Hiroto Gomyo, garantindo uma dobradinha para o país no pódio. Vinícius Figueiredo e Lucio Almeida, do Brasil, não conquistaram medalhas.

Na categoria -61 kg a francesa Andrea Brito ficou com a medalha de ouro ao vencer a japonesa Mayumi Someya por 1 a 0. Bronze para Anna-Johanna Nilsson, da Suécia, e para Emma Aronen, da Finlândia. A brasileira Stphani de Lima foi derrotada no segundo combate e eliminada da competição.

Noah Bitsch, da Alemanha, conquistou a categoria -75 kg feminina. Na final o alemão venceu o japonês Yusei Sakiyama por 5 a 0. Bronzes para o russo Beslan Mizov e para o húngaro Gabor Harspataki. Willians Quirino do Brasil não conseguiu medalha.

Na categoria feminina -68 kg a medalha de ouro foi conquistada pela egípcia Feryal Abdelaziz, que derrotou na final a italiana Silvia Semeraro. O primeiro bronze ficou com Miroslava Kopúňová, da Eslováquia, e a segunda medalha foi conquistada por Johanna Kneer, da Alemanha. Stefane Souza perdeu na primeira luta para a britânica Jasmine Pomeroy por 1 a 0.

Na categoria -84 kg masculina a medalha de ouro ficou com o ucraniano Andry Toroshanko, que derrotou o japonês Makoto Koike. Medalha de bronze para Vladimir Brežančić, da Sérvia, e Miguel Amargos, da Argentina. O brasileiro Diego Silva foi derrotado no primeiro combate e Kaique Rodrigues no segundo.

Shymaa Aboualyazed, do Egito, foi a campeã da categoria +68 kg. Medalha de prata para Lucija Leskjak, da Croácia. Os bronzes foram conquistados por Dominika Tatarova, da Eslováquia, e Anastasiya Stepashko, da Ucrânia. Andreza Oecksler, do Brasil, também foi eliminada na primeira luta.

Finalizando a competição, a medalha de ouro na categoria masculina -84 kg foi conquistada pelo atleta de Kosovo, Herolind Nishevci. O kosovar derrotou o holandês Tyron-Darnell Lardy por 1 a 0 na final. Medalha de bronze para Jasem Namavaran, do Irã, e para Mutasem Kahir, da Jordânia.

Foto: Divulgação/CBK


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes