Em meio a pedidos de renúncia, chefe executivo do Comitê Olímpico dos EUA deixa o cargo

O chefe executivo do Comitê Olímpico dos Estados Unidos, Scott Blackmun, renunciou ao cargo na quarta-feira (28).

De acordo com Blackmun, a renúncia foi motivada por problemas de saúde, uma vez que o dirigente foi diagnosticado com câncer de próstata.

A saída de Blackmun, de 60 anos, do cargo acontece em meio a vários pedidos de renúncia, motivados pela falta de ação dele ou do comitê em relação aos inúmeros casos de assédio sexual envolvendo o ex-médico da equipe de ginástica artística do país, Larry Nassar.

Para substituir o dirigente, foi escolhida Susanne Lyons, membro da mesa executiva.

Foto: AFP




Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes