Confederação Mundial de Beisebol e Softbol divulga sistema de qualificação para Tóquio 2020


Após Reunião Executiva da Confederação Mundial de Beisebol e Softbol (WBSC) realizada no sábado (24) em Paris, na sede do Comitê Olímpico da França, a entidade revelou o sistema de qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, conforme aprovado pelo COI.

As seleções terão a oportunidade de se qualificar para os Jogos Olímpicos através de oito torneios internacionais da WBSC, quatro do beisebol e quatro do softbol. O país-sede Japão já tem vaga garantida nos dois eventos.

O torneio olímpico de baisebol terá a participação de oito seleções. A primeira oportunidade de garantir a vaga olímpica será o "Premier 12", torneio que será realizado em Novembro de 2019 e reunirá os 12 melhores países ranqueados em 2018. A competição dará duas vagas olímpicas. Outras duas vagas serão premiadas nesta competição pela melhor seleção das Américas e a melhor seleção da Ásia/Oceanis, excluindo o Japão.

Uma vaga será distribuída no Qualificatório da África/Europa, torneio com a participação de seis seleções (Top 5 do Campeonato Europeu e o campeão africano), com o vencedor garantindo a vaga olímpica. Já o Qualificatório das Américas com a participação de oito seleções, com o vencedor também garantindo a vaga em Tóquio.

A última oportunidade para garantir a vaga olímpica será no Qualificatório Intercontinental, que será um torneio composto por seis seleções: o vice do qualificatório África/Europa, o 2° e 3° colocado do qualificatório das Américas, os dois melhores colocados do Campeonato Asiático de 2019 (excluídos os países já classificados para Tóquio 2020) e o campeão do Qualificatório da Oceania 2019.


Já o torneio olímpico de softbol terá a participação de seis seleções. A primeira chance de se qualificar para os Jogos Olímpicos será em agosto no Campeonato Mundial que será realizado em Chiba, no Japão, com o campeão se classificando diretamente para os Jogos. Caso o Japão venha a conquistar o título, o vice-campeão herdará a vaga.

Uma vaga será distribuída através do Qualificatório África/Europa, que terá a participação de oito seleções: os seis primeiros do Europeu de Softbal 2019 e os dois primeiros do Africano de Softbal 2019. Outro qualificatório que distribuirá uma vaga é o da Ásia/Oceania, que terá a participação de oito seleções: os seis primeiros do Asiático de Softbol e os dois primeiros do Campeonato da Oceania em 2019.

Já o torneio olímpico das Américas distribuirá duas vagas olímpicas e terá a participação de 16 seleções. As nações elegíveis para competirem neste torneio serão baseadas na classificação final do Campeonato Pan-Americanos de 2019.

Fotos: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes