Chefe da luta livre do Irã que renunciou ao cargo critica o governo em relação a lutas contra israelenses

O ex-chefe da federação irariana de wrestling pediu aos diplomatas do país que se responsabilizarem e apoiem os atletas que não quiserem competir contra atletas de Israel, informou a agência de notícias ISNA.

O governo normalmente recompensa os atletas por essa atitude, mas Rasoul Khadem disse que o governo parou de fazer isso, ele frisou ainda que o Irã deve defender sua posição política no esporte.

Khadem renunciou ao cargo na quarta-feira da semana passada.

Israel e Irã são grandes rivais e normalmente os atletas do Irã não competem contra atletas de Israel.

A última competição esportiva entre Israel e Irã foi em 1983 em uma competição de luta livre, esse momento histórico aconteceu em Kiev.

Foto: Reprodução Twitter





Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes