Cavaleiro João Victor Oliva vence em Portugal em estreia internacional em 2018 no Adestramento no Hipismo

Único brasileiro no Concurso Internacional de Adestramento no Hipismo (CDI3*) de Abrantes, Portugal, realizado entre 23 e 25/03, o cavaleiro de 22 anos e principal nome do Hipismo Adestramento no Brasil na atualidade segue firme em busca de uma vaga no time verde-amarelo para os Jogos Equestres Mundiais de Tryon (WEG, na sigla em inglês).

No CDI3* Abrantes, o atleta conquistou a faixa de campeão no domingo, 25, com a soma dos resultados das duas provas que participou: o Grand Prix e o Grand Prix Special. No GP, realizado no sábado, 24, foi vice-campeão com a nota média final de 67,783%, obtendo, consequentemente, o 1º índice com Xiripiti TVF rumo ao WEG. O conjunto também obteve o índice da Federação Equestre Internacional (66%) com os dois juízes FEI 5*: 66,413% com Vicenzo Truppa, da Itália, e 66,087% com Bernard Maurel, da França. No Grand Prix Special, realizado hoje, o conjunto foi campeão com a nota média final de 69,277%. 

João Victor Oliva começou a treinar com Xiripiti TVF há pouco mais de um mês. Segunda opção de montaria do jovem talento em GP, Xiripiti TVF vem de campanha brilhante nas pistas com a amazona portuguesa Maria Caetano Couceiro, inclusive, conjunto Campeão Nacional de Dressage em Portugal em 2013.

João Victor Oliva também se apresentou no CDI3 Abrantes com Xamã dos Pinhais, registrando 65,152% no GP. Este conjunto já soma cinco índices para os Jogos Equestres Mundiais, considerados a “Copa do Mundo” dos esportes hípicos, realizados a cada quatro anos e que em 2018 terá como palco o Tryon International Equestrian Center, em Mill Spring, Carolina do Norte, Estados Unidos, entre 10 e 23 de setembro.

O CDI3* Abrantes teve como palco o Centro Equestre de Vale de Ferreiros.

Foto: Rui Pedro Godinho/Divulgação


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes