Brasileiros do Esqui Cross Country aproveitam dia perfeito e fazem ajustes antes da estreia nos Jogos Paralímpicos na Coreia

PyeongChang, na Coreia do Sul, decidiu presentear os atletas com uma manhã  "perfeita" na terça-feira, 6. A três dias da cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos de Inverno, o clima amanheceu muito frio (por volta de -5ºC), mas com um céu limpo e ensolarado.  Na arena do esqui-country (Alpensia Biathlon Centre), localizada na montanha, os brasileiros Cristian Ribera e Aline Rocha aproveitaram para fazer ajustes antes da estreia na competição, marcada para o dia 10, às 22h e às 23h15, respectivamente (horário de Brasília). 

A paranaense Aline e o rondoniense Cristian desembarcaram em PyeongChang no último sábado, 3. O tempo, no entanto, não havia colaborado. No primeiro treino da dupla de esquiadores, no dia 4, a neve que havia estava enlamaçada por causa do calor. Já no dia 5, nevou muito e o percurso do cross-country ficou fofo e pesado demais. Nesta terça, 6, porém, a natureza colaborou. 

"A pista hoje estava compacta, teve sol e pouco vento. Enfim, perfeito. Aproveitamos para conhecer bem o percurso e fazer os ajustes necessários. Viemos de um período muito bom de aclimatação em Livigno, na Itália, e, agora, estamos ajustando a técnica à pista daqui", comentou Aline, de 27 anos.

Sobre o percurso das provas de esqui-country, Cristian considerou "fácil" e "rápido". "Temos que ter cuidado em alguns pontos, principalmente nas subidas para saber onde e quando atacar, mas gostei bastante de tudo", disse o atleta de apenas 15 anos. 

Aline e Cristian são estreantes em Jogos Paralímpicos de Inverno, ao contrário de Andre Cintra, o terceiro atleta da delegação brasileira em PyeongChang. O snowboarder esteve no debut do país na neve em Sochi, na Rússia, há quatro anos. O paulista também treinou na manhã desta terça, porém na arena de seu esporte, o JeongSeon Alpine Centre.   

Foto; CPB


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes