Brasil estreia bem no torneio masculino da etapa de Fort Lauderdale do Circuito Mundial de Vôlei de Praia

O Brasil largou com três vitórias em quatro jogos nesta quarta-feira (28.02), na rodada de abertura do torneio masculino no Major Series de Fort Lauderdale, nos EUA. Alison/Bruno Schmidt (ES/DF), Evandro/André Stein (RJ/ES) e Pedro Solberg/George (RJ/PB) começaram com triunfo e disputarão partida valendo a liderança nesta quinta-feira (01.03). Vitor Felipe/Guto (PB/RJ) acabaram superados e precisam vencer para seguirem no torneio.

O primeiro time brasileiro a entrar em quadra foi dos campeões olímpicos. Alison e Bruno Schmidt superaram os suíços Beeler e Krattiger por 2 sets a 1 (21/18, 16/21, 15/10), em 51 minutos. Os dois times tiveram o mesmo número de bloqueios (sete) e aces (dois), mas os brasileiros erraram menos e ficaram com a vitória. Nesta quinta eles encaram os holandeses Brouwer e Meeuwsen no jogo dos vencedores, valendo liderança do grupo F.

Após a primeira vitória, Bruno Schmidt comentou a partida decidida no tie-break logo na estreia e disse que a dificuldade enfrentada pode fortalecer o time no torneio.

“Foi um jogo bem pegado, decidido no set de desempate. O time suíço tinha disputado o classificatório, enfrentado este vento forte, então eles estavam um pouco mais confortáveis com o jogo. Mas acredito que é importante já no primeiro jogo ter que criar algo, sair de uma situação difícil, vai ser algo importante para o que queremos construir aqui”, analisou Bruno.

Quem também venceu a primeira foi Pedro Solberg e George (RJ/PB), que conquistaram vaga ao torneio no classificatório. Nesta quarta eles superaram os italianos Ranghieri e Caminati por 2 sets a 0 (23/21, 23/21), em 48 minutos. Mais constantes na virada de bola e gerando mais contra-ataques, os brasileiros superaram os quatro bloqueios de Ranghieri. A disputa pela liderança da chave H será contra os letões Plavins e Tocs, nesta quinta.

Os campeões mundiais Evandro e André Stein (RJ/ES), vencedores da etapa do Circuito Brasileiro no último final de semana, em João Pessoa (PB), mantiveram o bom ritmo. Eles venceram os tchecos Perusic e Schweiner por 2 sets a 0 (21/17, 21/17), em 39 minutos. Evandro anotou incríveis sete aces e a dupla brasileira decide agora a liderança contra os norte-americanos Taylor Crabb e Jake Gibb, também nesta quinta.

Vitor Felipe e Guto (PB/RJ) lutaram, mas não conseguiram estrear com vitória. Os brasileiros acabaram derrotados pelos russos Oleg Stoyanovskiy e Igor Velichko por 2 sets a 0 (21/17, 21/17), em 37 minutos. Medalha de bronze em João Pessoa, no último domingo, eles precisam vencer os australianos McHugh e Schumann nesta quinta-feira para seguir no torneio.

Fernanda e Barbara Seixas se classificam para as oitavas de final do torneio feminino
O Brasil já tem uma dupla garantida nas oitavas de final do torneio feminino. Fernanda Berti e Bárbara Seixas (RJ) venceram os dois jogos que disputaram nesta quarta-feira (28.02) e já se garantiram em primeiro no grupo H, evitando a repescagem. Outras três duplas brasileiras perderam na estreia e precisam vencer nesta quinta (01.03) para seguirem na etapa do Circuito Mundial 2018.

Fernanda e Bárbara Seixas largaram com triunfo sobre as alemãs Victoria Bieneck e Isabel Schneider por 2 sets a 0 (21/17, 21/19), em 38 minutos. As brasileiras tiveram ótimo aproveitamento nos ataques, além de mais pontos em bloqueios (três contra dois das alemãs) para garantir o triunfo e dar o primeiro passo rumo às oitavas.

No segundo jogo, na ‘partida dos vencedores’, que definiu a liderança da chave, superaram as tchecas Kristyna Kolocova e Michala Kvapilová por 2 sets a 0 (22/20, 21/9), em 35 minutos de duração. Destaque para os cinco pontos de bloqueio de Fernanda Berti e quatro pontos de ace da atleta de 1.89m, além dos contra-ataques de Bárbara, que comentou a estreia.

“Estamos muito felizes, estamos tralhando muito forte, buscando a melhor maneira de jogar e encaixar nosso time. Acho que encontramos isso neste evento com as vitórias neste primeiro dia, encarando os dois jogos com muita concentração, tentando jogar como se fosse uma final. Vamos sempre pensando jogo a jogo, a medalha e o pódio virão como consequência, temos que fazer o melhor a cada partida sempre”, analisou Bárbara Seixas.

“Jogamos muito unidas, Bárbara me auxilio bastante na partida. Sacamos bem e isso gera uma sequência para o sistema defensivo. Conseguimos bloquear e defender com bom volume. O objetivo sempre é o pódio, mas estamos concentradas jogo a jogo, ponto a ponto”, disse Fernanda. As adversárias das oitavas serão definidas apenas nesta quinta, após rodadas da fase de grupos e repescagem do torneio feminino.

As outras duplas brasileiras acabaram superadas na estreia. Ágatha e Duda (PR/SE), campeãs no último domingo da etapa de João Pessoa (PB) do Circuito Brasileiro, foram superadas pelas alemãs Kim Behrens e Sandra Ittlinger por 2 sets a 1 (15/21, 22/20, 15/13), em 47 minutos. Nesta quinta-feira, precisam superar as suíças Joana Heidrich e Verge-Depre para conseguirem uma vaga na repescagem do torneio.

Maria Elisa e Carolina Solberg também acabaram tropeçando no primeiro duelo nos EUA. Elas começaram vencendo, mas sofreram a virada das ucranianas Davidova e Shchypkova: 21/18, 11/21, 10/15, em 46 minutos de partida. O duelo que vale a ‘sobrevivência’ na competição será contra as norte-americanas April Ross e Alix Klineman, justamente as adversárias da final da etapa da Holanda do Circuito Mundial, em janeiro deste ano, que ficaram com o ouro.


Taiana e Carolina Horta (CE), que começaram o torneio antes, no classificatório, fizeram um jogo duro, mas foram vencidas pelas norte-americanas Summer Ross e Brooke Sweat por 2 sets a 0 (28/26, 21/19), em 41 minutos de partida. Elas enfrentam as holandesas Sanne Keizer e Meppelink em busca de uma vaga na repescagem do torneio.

Foto: FIVB





Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes