Alto funcionário da Federação Japonesa de Lutas é acusado de impedir os treinamentos da tetracampeã olímpica Kaori Icho


Um alto funcionário da Federação Japonesa de Luta foi acusado de atrapalhar um dos maiores nomes da história da modalidade, a quatro vezes campeã olímpica na luta livre, Kaori Icho, ao interferir em seu treinamento desde 2008.

A agência de notícias japonesa Kyodo informou na quinta-feira que uma pessoa próxima da questão apresentou uma queixa contra Kazuhito Sakae ao enviar uma carta a uma comissão Gabinete Oficial em janeiro.

A denúncia afirma que Sakae, de 57 anos, começou a assediar Icho em 2008 depois que a atleta mudou sua base de treinamento para Tóquio contra a vontade de Sakae. O denunciante também alega que Sakae proibiu Icho de usar uma instalação de treinamento do Departamento de Polícia Metropolitana pouco antes das Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. Icho acabou se tornou a primeira atleta feminina a ganhar quatro títulos olímpicos consecutivos em um evento individual.

Sakae negou a alegação e a federação divulgou uma declaração dizendo que "nunca impediu ou limitou o treinamento de Icho".

O Gabinete Oficial confirmou que recebeu a denúncia em janeiro e disse que investigará o caso.

Foto: Getty Images



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes