Zagitova brilha mais uma vez e é ouro na patinação artística; Isadora Williams sofre queda e termina em 24º

Alina Zagitova (OAR) foi impecável mais uma vez e faturou o ouro da patinação artística feminina. A russa de apenas 15 anos, assim como no programa curto onde quebrou o recorde mundial de pontuação, fez um programa longo excelente e não foi superada pela compatriota Evegenia Medvedeva, que fez a mesma pontuação de Zagitova no programa longo 156.95, em um dos duelos mais esperados dos jogos de inverno. 


"Eu ganhei. Sinceramente, a ficha ainda está caindo. Minhas mãos estão tremendo. Eu ainda não me dei conta de que sou campeã olímpica" disse Zagitova após a conquista. ela é a mais nova a conquistar o ouro olímpico na patinação artística desde Tara Lipinski em Nagano-1998 e ainda quebrou o recorde olímpico do program alongo que pertencia a Yuna Kim (KOR).

Mas ela não ouvirá o hino russo no pódio, por conta da punição do COI que tirou o nome e o hino da Rússia nos jogos de PyeongChang por conta do escândalo de doping sistemático descoberto no país. questionada sobre o assunto, a russa foi direta: "Eu não estou autorizada a falar sobre isso"

O bronze ficou com Kaetlyn Osmond (CAN).

Isadora sofre queda e termina em último no programa longo.


Isadora entrou com muitas expectativas após o excelente programa curto apresentado em PyeongChang, onde terminou em décimo sétimo. última a se apresentar no segundo grupo, Isadora se mostrou nervosa, e um erro logo no início da apresentação minou sua confiança e ela acabou com a nota 88.44 - 144.18 no total -, ficando na vigésima quarta no geral e última posição no programa longo.

"Estou feliz por ter qualificado o Brasil para o Programa Longo pela primeira vez em uma Olimpíada. Mas eu tinha mais expectativas porque gosto muito da minha apresentação”, afirmou a brasileira, de 22 anos. “Depois que errei o primeiro salto eu fiquei muito nervosa. Eu estava treinando muito bem e já realizei várias vezes o Programa Longo sem nenhum erro. Eu não sei porque não fiz uma apresentação limpa”

A apresentação ruim no programa longo não diminui o feito histórico de Isadora, primeira sul-americana a participar de uma final olímpica na patinação artística: “Estou feliz e orgulhosa por ter classificado o Brasil para o Programa Longo. Levo para casa as memórias de um ótimo Programa Curto”

fotos: AFP

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes