Yuzuru Hanyu bate recorde olímpico novamente e é bi olímpico na patinação artística

Yuzuru Hanyu (JPN) confirmou o favoritismo e venceu o individual masculino da patinação artística em PyeongChang, sua segunda conquista olímpica. E esse ouro de Hanyu vem coberto de significado: Desde 1952 um patinador não era bicampeão olímpico; Hanyu também bateu o recorde olímpico da pontuação total de 317.85 e virou dono da milésima medalha olímpica nos jogos de inverno. Sem contar as dezenas de bichos de pelúcia que ganhou após o fim de sua apresentação, que deve ter sido um recorde.

Shoma Uno (JPN) ficou com a medalha de prata e fez a dobradinha japonesa na competição. Javier Fernandez (ESP) foi bronze e conquistou uma medalha inédita para a Espanha na patinação artística. 

Nathan Chen (USA) foi o destaque do programa longo, ao efetuar seis 'Quads' (nomenclatura para saltos com quatro giros no próprio eixo) seguidos. ele bateu o recorde olímpico do programa longo e por pouco não terminou no pódio. ficou em quinto lugar por conta do péssimo programa curto que fez no dia anterior.

O próximo evento na patinação artística será a dança no gelo, com o programa curto começando no sábado(17) às 23 horas.

foto: Getty images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes