Vôlei na neve fará demonstração em PyeongChang em busca de apoio para entrar nos jogos de inverno

Em busca do sonho de fazer parte dos Jogos Olímpicos de Inverno e impulsionado pela FIVB (Federação Internacional de vôlei), o vôlei na neve fará partidas de exibição em PyeongChang na tentativa de sensibilizar o comitê olímpico internacional a fazer com que o esporte seja adicionado às Olimpíadas.

Se for bem sucedido, o vôlei seria o primeiro esporte a constar no programa olímpico dos Jogos de Inverno e Verão. Semelhante à disciplina de praia,o vôlei na neve tem praticamente as mesmas regras, sendo a principal diferença a superfície que é disputado.

Com muitos dos torneios hospedados pelas estações de esqui como diversão para seus convidados, onde o esporte começou a ser praticado, o vôlei na neve ganhou popularidade em alguns locais na Europa. Mas aqueles que jogam dizem que o frio e a neve são novos desafios que o tornam um esporte muito diferente do vôlei de praia.

As partidas de exibição serão no dia 14 de fevereiro na Casa de hospitalidade da Áustria em PyeongChang. As partidas incluirão medalhistas olímpicos como os brasileiros Giba e Emanuel, o sérvio Vladmiri Grbic e o chinês Chen Xue e jogadores sul-coreanos.

No mesmo dia, a FIVB apresentará o seu projeto de evolução no esporte para a temporada 2018/19 e as seguintes: "Acreditamos que o vôlei agora é acessível a todos, desde o verão até o inverno, da praia às montanhas. É nossa missão ser o esporte familiar número um do mundo, e vôlei na neve nos aproxima desse objetivo ". Afirmou o presidente da FIVB, Ary Graça.

Já existem 17 países europeus que organizam campeonatos nacionais de vôlei na neve e um circuito que culminará em um campeonato europeu inaugural na Áustria em março deste ano, sancionado pela CEV(Confederação europeia de vôlei).


foto: divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes