Universidade de Michigan recebe homenagem às vítimas do ex-medico Larry Nassar

Universidade de Michigan recebeu nesta quinta-feira um bloco de gelo com nomes das vítimas do ex-médico da seleção de ginástica dos EUA, Larry Nassar, condenado a 175 anos de prisão acusado de abusar de até 265 mulheres - grande parte atletas. Com a inscrição "muito obrigado", a homenagem recebeu diversas visitas de estudantes e moradores locais. Nassar praticou parte dos crimes justamente quando trabalhava na universidade.

Após sete dias de depoimentos de suas vítimas de abuso sexual, o ex-médico americano recebeu, na última semana, sentença referente a sete dos seus crimes cometidos em Michigan. Nassar, de 54 anos, já estava cumprindo 60 anos de prisão por pornografia infantil. Ele se declarou culpado por molestar sete mulheres no Condado de Ingham e três no de Eaton. Por esses crimes, ele foi condenado a uma pena de 175 anos.

Os crimes de Larry Nassar ganharam as manchetes principalmente por ele ter molestado as ginastas da seleção americana, inclusive as campeãs olímpicas Simone Biles, Gabby Douglas, Aly Raisman, Jordyn Wieber e McKayla Maroney. Ele também abusou de atletas da Universidade de Michigan. O terceiro sentenciamento de Nassar, que começou nesta quarta-feira, está previsto para terminar na próxima semana.


foto: Reuters/Rebeca Cook

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes