Temporada de 2018 do Pentatlo Moderno vai passar pelos Jogos Sul-Americanos e Jogos Olímpicos da Juventude

A temporada de 2018 do Pentatlo Moderno teve sua largada no fim de janeiro com o Campeonato Internacional Indoor de Budapeste, na Hungria. Na competição do país europeu, diversos países enviaram representantes para o que foi considerado o primeiro torneio do ano da modalidade olímpica que reúne esgrima, natação, hipismo e laser-run (tiro a laser e corrida). Mas o que começou na Hungria segue até o último mês do ano, pelos cinco continentes.

Os destaques do Pentatlo em 2018 são a presença do esporte nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, em junho, na Bolívia - será a segunda edição que a modalidade estará no torneio continental; e os Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires, em outubro, na Argentina. Dois eventos mundiais com representantes de diversos países atrás de medalhas e pontos preciosos no ranking da União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM).

“O Pentatlo Moderno permaneceu no programa central dos Jogos Sul-Americanos depois de ser incluído na edição realizada no Chile, em 2014, quando o Brasil colheu excelentes resultados. Nos Jogos Olímpicos da Juventude, que vão ocorrer pela primeira vez no continente, teremos a oportunidade de divulgar a prática da modalidade para os jovens de inúmeros países espalhados pelo mundo, mesmo considerando que o formato da competição em Buenos Aires seja o Tetratlo Moderno”, destaca Helio Meirelles, presidente da Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM), sobre a disputa na Argentina, que não terá o hipismo na programação.

Mundiais em alta
A primeira competição internacional organizada pela UIPM na temporada será, como de costume, a primeira etapa da Copa do Mundo, que acontecerá na próxima semana, no Egito. Até a grande final do torneio, em junho, no Cazaquistão, o circuito do evento ainda vai passar pelos Estados Unidos, em março, para a segunda etapa, Hungria, em maio (terceira), e Bulgária (quarta), também no quinto mês do ano.

Entre uma etapa da Copa do Mundo e outra, o Pentatlo Moderno verá em 2018 a valorização de outros mundiais da categoria, além dos tradicionais Jovem, Júnior e Sênior. Desta vez, o calendário do esporte terá oito mundiais, começando em abril, com o Mundial Jovem, em Caldas da Rainha, em Portugal, passando, por exemplo, pelo Universitário, em julho, na Hungria, até o Mundial de Biatlo e Triatlo, em outubro, no Egito.

A Hungria vai sediar outro Mundial, o Militar, em setembro, enquanto o Júnior acontecerá em agosto, na República Tcheca, e o Sênior em setembro, no México. Isso sem contar com o Mundial Laser-run, que se consolida nesta temporada. O torneio internacional de tiro a laser e corrida acontecerá em setembro, na Irlanda.

“Embora seja o primeiro ano do novo ciclo olímpico, o calendário oficial da UIPM está repleto de competições importantes que serão disputadas em países com tradição na organização de provas com qualidade. Merecem destaques os mundiais de Pentatlo, como também os de Triatlo, Biatlo e de Laser-run, além das inúmeras provas internacionais de Tetratlo”, assinala Helio.

Pan de Lima a vista
Ainda no circuito internacional, outras duas competições se destacam: o Pan-Americano Jovem, em junho, nos Estados Unidos; e o Pan-Americano Júnior e Sênior, que acontecerá no fim de novembro e início de dezembro, em Lima, no Peru. Esta segunda competição servirá de evento-teste do Pentatlo Moderno para os Jogos Pan-Americanos de 2019, que vão acontecer na capital peruana.

Foto: UIPM/Divulgação



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes