Rússia pede ao COI que acate a anulação de suspensões a 13 atletas


O ministro dos esportes da Rússia, Pavel Kolobkov, pediu esta segunda-feira (5) ao Comité Olímpico Internacional (COI) que aceite a decisão da Corte Arbitral do Esporte (CAS), que anulou as suspensões por doping a 13 atletas da Rússia.

"O COI deve reconhecer a decisão do CAS. A declaração do comité é estranha, já que viola as suas próprias normas. Isso vai ter repercussões no desenvolvimento do movimento olímpico", disse Kolobkov aos jornalistas, tendo recordado que a Carta Olímpica estipula "que a decisão do tribunal é a mais importante e o COI deve reconhecê-la".

Horas antes, o organismo que tutela o esporte olímpico rejeitou os pedidos de convites para os 13 atletas e dois treinadores para os Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang 2018, uma vez que a sua comissão responsável por analisar os processos não teve acesso a informações adicionais consideradas necessárias.

Em 1 de fevereiro, o CAS anulou a suspensão de 28 dos 43 atletas russos que competiram nos Jogos Olímpicos de 2014 em Sochi e foram sancionados pelo COI por uso de doping, abrindo assim a possibilidade de participarem nos Jogos de PyeongChang 2018, mas o COI esclareceu que o levantamento das sanções "não confere automaticamente um convite".

A cinco dias do início dos Jogos Olímpicos de Inverno em PyeongChang 2018, 168 desportistas russos estão autorizados a participar na competição, depois de ter sido considerados "limpos" por uma comissão do COI.

Foto: Reuters




Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes