Resumão de Pyeongchang 2018 - Dia 1

A madrugada de sábado marcou oficialmente o início das disputas por medalhas nos Jogos de Pyeongchang. O que de melhor aconteceu no dia você confere abaixo:

 Esqui Cross Country


Esquiatlo 15km Feminino
Goldmedal.png  Charlotte Kalla | Silvermedal.png  Marit Bjørgen | Bronzemedal.png  Krista Parmakoski

A sueca Charlotte Kalla se impôs e conquistou com propriedade a primeira medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de 2018. Após se manter no pelotão da frente durante toda a prova, ela atacou a 2,5km para o fim e não foi alcançada - nem de perto - por nenhuma das concorrentes. 

Destaque também para Marit Bjørgen, que, aos 37 anos de idade, chegou a sua 11ª medalha olímpica, tornando-se a mulher com mais medalhas olímpicas na história dos Jogos de Inverno.

 Biatlo


Sprint 7,5km Feminino
Goldmedal.png  Laura Dahlmeier | Silvermedal.png  Marte Olsbu | Bronzemedal.png  Veronika Vitkova

Mulher mais badalada do biatlo em Pyeongchang, Laura Dahlmeier fez valer o favoritismo e ganhou com 24.2 segundos de vantagem para a segunda colocada, sendo a única a não errar um tiro sequer durante a prova.

O restante do pódio foi surpreendente, com o restante das favoritas cometendo erros nos tiros e abrindo espaço para as zebras Olsbu e Vitkova.

 Patinação de Velocidade em Pista Curta


1500m Masculino
Goldmedal.png  Hyojun Lim | Silvermedal.png  Sjinkie Knegt | Bronzemedal.png  Semen Elistratov

A primeira medalha de ouro para o país da casa saiu justamente no esporte que é a maior esperança dos sul-coreanos. Em uma prova repleta de quedas, Lim manteve a regularidade, segurança e técnica necessária para sagrar-se campeão olímpico.

Destaque holandês, Sjinkie Knegt ficou com a segunda colocação, enquanto Semen Elistratov, dos Atletas Olímpicos Russos, fechou o pódio. Dae Heon Hwang, outro sul-coreano cotado para o pódio, acabou caindo na final e ficou sem medalha.

O dia foi também de eliminatórias dos 500 metros femininos, logo com dois recordes olímpicos. Primeiro foi a vez da britânica Elise Christie, com 42.872, para logo depois ser batida pela sul-coreana Minjeong Choi, com 42.870.

 Patinação de Velocidade


3000m Feminino
Goldmedal.png  Carlijn Achtereekte | Silvermedal.png  Ireen Wust | Bronzemedal.png  Antoinette De Jong

A Holanda já deu início ao domínio na patinação de velocidade, mesmo em uma prova em que nem era cotada para ocupar todas as posições do pódio. Carlijn Achtereekte apareceu como elemento surpresa e superou a compatriota/favorita Ireen Wust por apertados 8 centésimos.

A tcheca Martina Sablikova, outra das favoritas ao início da prova, acabou na quarta posição.

 Salto em Esqui

Colina Normal Individual Masculino
Goldmedal.png  Andreas Wellinger |  Johann Andre Forfang |  Robert Johansson

Em uma prova marcada pelos fortes ventos, que atrasaram a disputa em mais de uma hora, o jovem alemão Andreas Wellinger manteve o ótimo desempenho apresentado desde os treinamentos em Pyeongchang. Com a pontuação de 259.1, ele ficou muito acima do medalhista de prata, Johann André Forfang, que fez 250.9.

Campeão em Sochi e cotado para o ouro, o polonês Kamil Stoch terminou na quarta posição.

Teve também

Luge: Após duas descidas no individual masculino, o alemão Felix Loch lidera com 0s188 de vantagem para o surpreendente austríaco David Gleirscher. O russo Roman Repilov é o terceiro.

Snowboard: Dos 12 atletas classificados para a final do slopestyle masculino há quatro canadenses e quatro noruegueses. Os dois países monopolizaram as vagas em disputa neste sábado.

Os resumos de hóquei e curling você pode conferir em posts independentes aqui no Surto Olímpico.

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes