Marchadores russos apelam à IAAF para atuarem como atletas neutros


Os russos Sergey Sharypov e Yulia Turova solicitaram à Federação Internacional de Atletismo (IAAF) o direito de competir em competições internacionais como atletas neutros. Em dezembro de 2016, a IAAF permitiu atletas que preenchessem critérios específicos para competir em eventos como neutros, após a suspensão da Federação Russa de Atletismo (RusAF) em novembro de 2015.

Isso ocorreu depois que a Comissão Independente da Agência Mundial Antidoping (WADA) descobriu violações antidoping generalizados em atletas russos.

O prazo para enviar pedidos à IAAF foi inicialmente em novembro de 2017, mas a IAAF estendeu a 31 de dezembro para os atletas que já iniciaram suas solicitaçõe. Conforme relatado pela agência de notícias estatal oficial russa TASS, a assessora de imprensa da Rússia, Natalia Yukhareva, confirmou os apelos de Sharypov e Turova.

"Sergey Sharypov e Yulia Turova enviaram pedidos à IAAF na segunda-feira (19)", disse ela.

Os marchadores russos foram declarados culpados de várias violações de doping no passado. O treinador da equipe nacional, Viktor Chegin, foi banido em março de 2016 por violações antidoping, enquanto o campeão nacional de 20 km Pyotr Trofimov foi suspenso por quatro anos em maio do ano passado. Sergey Kirdyapkin também teve cassada sua medalha de ouro olímpica de 50 km, ganhou em Londres 2012.

A IAAF já aprovou as solicitações de 18 atletas russos de 88 que apelaram.

Isso inclui atletas como Maria Lasitskene e Danil Lysenko, do salto em altura, além de Anzhelika Sidorova, do salto com vara, que competirão no Campeonato Mundial de Indoor da IAAF em Birmingham, Inglaterra, de 1 a 4 de março.

Foto: Divulgação/Twitter


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes