Judô do Brasil disputa Grand Prix da modalidade em Paris neste final de semana

A seleção brasileira de judô já está na França para a disputa do Grand Slam de Paris neste final de semana. Nesta sexta, os atletas conheceram seus primeiros adversários após o sorteio das chaves das 14 categorias. Os combates começam neste sábado, 10, com Sarah Menezes (48kg), Jéssica Pereia (52kg), Eleudis Valentim (52kg), Ketleyn Quadros (63kg), Phelipe Pelim (60kg), Felipe Kitadai (60kg) e Charles Chibana (66kg).

No domingo, 11, o Brasil será representado por Samanta Soares (78kg), Camila Yamakawa (+78kg), Rochele Nunes (+78kg), Rafael Buzacarini (100kg), Eduardo Bettoni (90kg), Victor Penalber (81kg) e Leandro Guilheiro (81kg), único da equipe que já conquistou o título do Grand Slam de Paris, em 2010, quando derrotou o georgiano Levan Tsiklauri na grande final.

Coincidentemente, o brasileiro terá novamente outro georgiano em seu caminho, Nugzari Tatalashvili, na primeira luta.

"Lembro que meu judô estava fluindo muito bem naquele dia. Eu consegui executar minhas melhores técnicas e tudo aconteceu como eu queria. Eu desloquei minha mandíbula na terceira luta e tive uma lesão no joelho na final. Não podia comer nem andar direito por dias, mas, definitivamente, valeu a pena", recordou Guilheiro em entrevista ao site da Federação Internacional de Judô.

O meio-médio é um dos quatro brasileiros que tiveram a honra de ouvir o hino nacional do Brasil no topo do pódio do Grand Slam de Paris. A primeira campeã foi Edinanci Silva, em 2000, quando a competição ainda se chamava Tournoi de Paris. Em 2006, João Derly levou o título entre os meio-leves (66kg). E Mayra Aguiar é a única brasileira bicampeã em Paris, com títulos em 2012 e 2016, ambos em cima da americana Kayla Harrison. 

Foto; CBJ


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes