IPC convida dois atletas e Coreia do Norte poderá participar pela primeira vez dos Jogos Paralímpicos de Inverno

O Comitê Paralímpico Internacional (IPC) convidou a Coréia do Norte para participar dos Jogos de Pyeongchang 2018. Caso participe, será a primeira aparição do país em Jogos Paraolímpicos de Inverno na história. O Comitê Paralímpico Nacional (NPC) da Coréia do Norte recebeu dois convites para atletas competirem no Esqui Nórdico. Caso o NPC da Coreia do Norte participe dos Jogos, eles desfilarão em juntos com os atletas da Coreia do Sul sob uma bandeira unificada na Cerimônia de Abertura em 9 de março, assim como ocorrerá nos Jogos Olímpicos.

Os dois atletas norte-coreanos que receberam convites do IPC e da Federação Internacional de Esqui Nórdico foram Jonghyon Kim e Yuchol Ma. Ambos fizeram suas estreias internacionais na Copa do Mundo do mês passado em Oberried, na Alemanha, com financiamento do Comitê Paralímpico Asiático e da Fundação Agitos. Os convites são concedidos de forma discricionária pelo IPC e pela respectiva Federação Internacional.

O IPC afirma ter trabalhado com o Comitê Organizador de Pyeongchang 2018, os NPCs da Coréia do Sul e da Coréia do Norte e funcionários do governo por vários meses para garantir a participação da Coréia do Norte em Pyeongchang 2018.

O país competiu nos Jogos Paralímpicos de Verão de Londres 2012 e do Rio 2016, tendo enviado um atleta para a Grã-Bretanha e dois atletas para o Brasil. O nadador Rim Ju-Song competiu nos 50 metros categoria S6 masculino em Londres 2012, enquanto no Rio 2016 o país viu Kim Chol Ung nos 1.500m T11 masculino e Song Kum Jong, no disco feminino F56-57, disputarem o atletismo.

Na semana passada, o Conselho de Administração do IPC aprovou uma proposta para que a Coréia do Sul e a Coréia do Sul desfilassem juntas durante as cerimônias de abertura e encerramento de Pyeongchang 2018. O presidente do IPC, o brasiliero Andrew Parsons, se mostra otimista de que a Coréia do Norte aceitará o convite da entidade para participar dos Jogos. "Agora que oferecemos dois convites aos atletas norte-coreanos, estou extremamente esperançoso de que o país vai competir em seus primeiros Jogos Paraolímpicos de Inverno em março", afirmou.

"Queremos tantos países quanto possível competindo nos Jogos de Inverno de Pyeongchang 2018 e eu acho que a participação da Coréia do Norte enviará uma mensagem muito forte de trazer a paz através do esporte. Para ambos os países desfilar juntos nas cerimônias de abertura e encerramento será um momento muito especial e histórico e o resultado de um fantástico esforço em equipe por muitas partes. Graças ao apoio da Fundação Agitos e do Comitê Paralímpico Asiático, tanto Kim quanto Ma chegarão em Pyeongchang com a experiência da concorrência internacional pois competiram recentemente na Copa do Mundo de esqui nórdico na Alemanha", concluiu Pearson.

Em outubro de 2017, Parsons deu seu "forte" apoio à participação norte-coreana nos Jogos Paraolímpicos de Inverno após o presidente do comitê de Pyeongchang 2018, Lee Hee-Beom, convidar o IPC a apoiar a candidatura do país para competir nos Jogos.

O chefe do IPC disse que os dois, juntamente com o presidente sul-coreano Moon Jae-in, foram a favor da Coréia do Norte participar dos Jogos após uma reunião entre os dois. "Em outubro passado, conheci o presidente sul-coreano Moon Jae-in e senti sua forte paixão, entusiasmo e compreensão de como os Jogos Paralímpicos de Inverno poderiam unir a sociedade. Estou ansioso para um evento histórico em Pyeongchang" assegurou Pearson.

Como todas as nações que competem nos Jogos Paraolímpicos de Inverno de Pyeongchang 2018, a equipe norte-coreana se beneficiará de uma bolsa de viagem fornecida pelo Comitê Organizador.

Os Jogos Paraolímpicos de Inverno de Pyeongchang 2018 acontecerão de 9 a 18 de março, reunindo cerca de 650 atletas de 45 países que competirão em 80 eventos em seis modalidades esportivas diferentes.

Foto: Getty Images


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes