Frio extremo pode afastar atletas e delegações da Cerimônia de Abertura de PyeongChang 2018

Faltando menos de cinco dias para o início dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, o frio estremo segue causando preocupação nas delegações em relação a Cerimônia de abertura, que acontece em estádio a céu aberto. Algumas delegações poderiam acabar recusando participar do evento de sexta-feira (9) devido ao frio.

As equipes da Itália e da Nova Zelândia estão entre os países preocupados e planejam avisar os seus atletas para se aquecerem.  Com -22 ° C e um vento frio, as condições não são as melhores para um desfile ao ar livre onde muitos dos atletas presentes terão que competir nos dias que se seguem e em alguns casos já no dia seguinte.

"Estamos um pouco nervosos com a cerimônia, que acontecerá à noite (20 horas local, 12:00 horas na França) e como ficaremos aquecidos se essas temperaturas forem mantidas”, disse Peter Wardell, chefe de missão da Nova Zelândia na Coreia do Sul durante entrevista na segunda-feira.  “Eles nos disseram que iria fazer algo como -8 ° C, -10 ° C, o que é quase quente em comparação (com as temperaturas de momento). Mas é sempre difícil desportistas ficarem de pé e sentados durante uma hora e meia no frio”, concluiu.

Alguns podem decidir não participar, especialmente aqueles que competem pouco depois. A equipe italiana também expressou algumas dúvidas na segunda-feira. Seus médicos reconheceram informalmente que eles haviam avisado treinadores e supervisores que sofrem de diabetes ou problemas cardíacos para se manterem aquecidos.

Foto: Getty Images


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes