Formiga abandona aposentadoria da seleção e se apresenta para treinamentos

O técnico Vadão anunciou neste sábado (24) as jogadoras de clubes estrangeiros convocadas para treinos no período de data Fifa, que começou no dia 26 de fevereiro e vai até o dia 7 de março. A novidade foi a volta de Formiga, 39 anos, à lista depois de sua aposentadoria da equipe verde e amarela em dezembro de 2016. A atleta do PSG foi à Granja Comary, em janeiro, para conversar com o treinador para decidir sobre uma volta. Trabalhou com o grupo e deixou a decisão em aberto. Depois de novos contatos com o treinador, optou por novamente vestir a camisa do Brasil e disputar a Copa América.


Em entrevista ao blog Dona do Campinho, Vadão afirmou que a volta de Formiga é decisiva para o Brasil, pois, até o momento, não há uma atleta com característica igual no meio de campo e havia uma dificuldade de recomposição do setor. Para que a vaga no Mundial e Olimpíadas chegue sem sustos, ele pediu que ela estivesse na equipe que irá à Copa América até para que o próximo ciclo não seja prejudicado.

"A presença da Formiga nos ajuda muito nessa transição da saída dela. É uma jogadora muito experiente e que nesse setor do meio de campo a gente tem tido uma dificuldade muito grande de recompor. Essa volta dela então dá uma trégua muito grande. Foi isso que eu falei para ela. Que ela nos ajudasse para que a gente tivesse mais tempo para recompor algumas atletas. Há muitas atletas experientes como a própria Marta que o ciclo está devagarzinho chegando ao fim. Não é o caso da Marta ainda, mas o próprio caso dela (Formiga). Ela entendeu que poderia colaborar com a gente nesse sentido, porque se a gente não classificar a gente perde o próximo ciclo. E como você vai imaginar que a Marta vai disputar o próximo Mundial se a gente não disputar esse em 2019? Então a Formiga entendeu que ela poderia dar uma colaboração para nós. Foi fundamental ela ter compreendido. A gente tem um enorme carinho por ela. Ficamos inclusive agradecidos por isso. O futebol brasileiro agradece. Eu particularmente. Ela vai dar uma força muito grande para que a gente tenha um pouco mais de trégua para que na continuidade de trabalho a gente tenha um tempo maior de recomposição. Ela como jogadora muito experiente tem sempre a acrescentar. A volta da Formiga nesse momento para nos ajudar passa a ser muito importante"


Para a data fifa, a CBF não programou nenhum amistoso, apenas trabalhos em Teresópolis. Por lá, já se encontram outras jogadoras que atuam no país e que também aparecem na relação abaixo. A Seleção tem um compromisso importante entre 4 e 22 de abril. O grupo disputa a Copa América, que classifica para a Copa do Mundo da França, em 2019, os Jogos Olímpicos de 2020 e também o Pan.

Confira a lista das jogadoras:

Goleiras:  Bárbara (Kindermann), Aline (CBF), Letícia  e Tainá (Corinthians)

Zagueiras: Érika (PSG-FRA), Mônica (Orlando Pride-USA), Rafaelle (Changchun FC-CHN)
Daiane Limeira (Avaldsnes Idrettslag-NOR), Bruna Benites (Meizhou Huijun FC-CHN)

Laterais: Fabiana (Barcelona-ESP), Letícia Santos (Sportclub Sand-GER), Tamires (Fortuna Hjorring - DEN), Joyce (Valência CFF-ESP), Daiane Rodrigues e Rilany (CBF), Poliana (Orlando Pride-USA),  

Meio-campo: Formiga - PSG (França),Gabi Zanotti (Corinthians),Andressa (Portland- USA),Thaisa (Sky Blue FC- USA)

Atacantes: Raquel (Ferroviária), Adriana e Millene  (Corinthians) , Aline Milene (Baylor University- USA), Bia  e Thaisinha (Incheon Hyundai Steel Red Angels-KOR), Debinha (North Carolina Courage-USA), Marta (Orlando Pride-USA), Jennifer (Notre Dame University-USA)

foto: getty images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes