Esgrimista sobrevivente do Massacre de Munique em 1972 morre em Israel

O esgrimista Dan Alon (ISR), sobrevivente do Massacre de Munique durante os Jogos Olímpicos de 1972, morreu de câncer aos 72 anos na quarta-feira (1º).

Alon, então com 27 anos, estava no prédio da delegação de Israel na Vila Olímpica quando ouviu barulhos fora do seu quarto. Quando percebeu que se tratavam de terroristas do grupo palestino Setembro Negro, ele e mais quatro atletas pularam da varanda, escapando do massacre.

Os demais 11 ficaram como reféns. Dois morreram no prédio e os outros nove foram executados no Aeroporto de Munique.

Após a tragédia, Alon se aposentou e não falou publicamente sobre o acontecido. 

Quase 20 anos depois saiu da aposentadoria, conquistando o título israelense com 46 anos.

O israelense deixa uma esposa e três filhos.

Foto: Reprodução


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes