COI se diz decepcionado com decisão do CAS que absolveu 28 atletas acusados de ligação com o doping em Sochi 2014

Após a Corte Arbitral do Esporte decidir na semana passada levantar o banimento de 28 atletas russos que os impediam de disputar edições de Jogos Olímpicos, o Comitê Olímpico Internacional (COI) se disse “extremamente decepcionado” com o ocorrido. A contrariedade foi expressada pelo presidente da entidade, Thomas Bach. O COI havia punido os atletas após ligações destes com o sistema de doping implantado pela Rússia nas Olimpíadas de Sochi em 2014.

Bach se disse surpreendido com a decisão do CAS às vésperas do início dos Jogos de Pyeongchang. A decisão foi tomada na quinta-feira pelo tribunal máximo do esporte. "Sentimos que esta decisão mostra a necessidade urgente de reformas na estrutura interna do CAS", afirmou Bach, que já está na cidade sul-coreana para os Jogos de Inverno.

A decisão do CAS de quinta-feira revogou as punições por doping de 28 russos, citando provas insuficientes para a decisão. A Rússia disse que queria enviar 15 dos 28 para Pyeongchang, incluindo o campeão olímpico do skeleton, Alexander Tretiakov e o medalhista de ouro do esqui cross-country, Alexander Legkov. Alguns outros, particularmente os melhores atletas do bobsled da Rússia nas Olimpíadas de Sochi de 2014, já se aposentaram.

Bach disse que um painel independente, presidido pela ex-ministra francesa dos esportes, Valerie Fourneyron, analisaria e recomendaria casos de doping russos. Ele espera que uma decisão final seja tomada "nos próximos dias".


O COI convidou 169 russos a competir em Pyeongchang como "atletas olímpicos da Rússia", sob uma bandeira neutra, mas o porta-voz do COI, Mark Adams, disse no sábado que sua organização se reserva o direito de rever e apelar da decisão do CAS.

Foto: Reuters


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes