Brasileiros ficam a uma tacada do corte em torneios de Golfe no exterior

Apenas uma tacada separou os três brasileiros que jogaram na última semana no exterior de chegar às finais dos campeonatos que disputavam, todos válidos para o ranking mundial.

A paulista Luiza Altmann, que havia iniciado sua carreira profissional com uma rodada inicial de 68 tacadas (-4 em relação ao par do campo, que é 72) no ActewAGL Canberra Classic, caiu do 5º lugar para o 60º após jogar 78 na segunda rodada. Ela somou um total de +2, e o corte ficou em +1. O torneio é uma etapa do Ladies European Tour (LET), principal circuito do golfe feminino europeu, e acontece no Royal Canberra Golf Club, na Austrália.

Também na Austrália, Adilson da Silva somou +1 nas duas rodadas iniciais do o ISPS Handa World Super 6 Perth, que acontece no Lake Karrinyup CC, em Perth, para também ficar a uma tacada do corte. O torneio é uma etapa conjunta do European Tour e do Asian Tour, do qual ele faz parte.

O outro brasileiro que ficou de fora das finais por apenas uma tacada foi Fernando Mechereffe, que jogava o Club Colombia Championship, etapa do PGA TOUR Latinoamérica na Colômbia. Ele totalizou +1, e o corte foi par do campo.

Foto: Montagem/CBG


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes