Alemanha e Canadá dividem ouro no bobsled 2-man; Brasil termina em 27º

Um fato curioso ocorreu na final do bobsled 2-man. Os trenós da Alemanha, de Francesco Friedrich e Thorsten Margi, e do Canadá, pilotados por Justin Kripps e Alexander Kopacz,  ficaram empatados com o mesmo tempo na primeira posição -3m16s86- e tiveram que dividir o ouro, algo que não acontecia desde Nagano-1998, quando o mesmo Canadá dividiu o ouro com a Itália no bobsled 2-man.

A medalha de prata não foi entregue e o bronze ficou com o trenó da Letônia, com Oskars Melbardis e Janis Strenga,

Já o Brasil não conseguiu melhorar o seu tempo na última descida e permaneceu na vigésima sétima colocação. Edson Bindilatti comentou o resultado: "Minha avaliação é muito positiva. A gente sabe que poderia ter ido melhor, na terceira descida tive um erro na curva 2, e quando erra ali perde um pouco de velocidade, atrapalha um pouco. Ainda dá para ganhar uma ou duas posições, mas a gente sai contente de todo jeito, porque fizemos um ótimo trabalho. Foi uma 27ª colocação, mas não é antepenúltimo, estamos entre os trinta melhores do mundo e a frente de três times qualificados, não tem time bobo aqui"

Edson Bindilatti volta agora a comandar o 4-man do Brasil e espera um resultado bem melhor: Nosso 4-man é mais forte que o 2-man e tem mais chances de chegar à final. Podemos fazer um bom resultado com o 4-man aqui em PyeongChang. Mas, para isso, temos que melhorar algumas coisas. O push e a pilotagem podem ser melhores. Preciso acertar a curva dois também. Quando você erra na curva dois, o trenó perde velocidade na pista toda”

Brasil estreia no 4man do bobsled no dia 24.

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes