Treinador sueco do biatlo considera ação ilegal depois de lhe negarem credenciamento para Pyeongchang 2018


O treinador sueco de biatlo Wolfgang Pichler está considerando ações legais depois que ele foi banido dos Jogos Olímpicos de Inverno deste ano devido a sua ligações com atletas russos suspensos por doping em Sochi 2014, já que ele treinou a equipe russa na última edição dos Jogos.

Três biatletas russas, Yana Romanova, Olga Vilukhina e Olga Zaitseva, foram desqualificados de Sochi 2014 e banidos dos Jogos Olímpicos pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) por sua implicação em uma "manipulação sistêmica" do programa de doping no país. As atletas, que haviam conquistado a prata em Sochi, tiveram a medakha cassada.

Após a publicação de dois relatórios da Comissão sobre o doping russo, o COI disse que não credenciariam "treinadores ou médicos de atletas sancionados pela Comissão Oswald" para os Jogos em Pyeongchang. A regra significa que o Pichler, nascido na Alemanha, não será capaz de treinar a equipe sueca em Pyeongchang 2018.

Em uma declaração, a Federação Sueca de Biatlo confirmou que o treinador não receberá credenciamento para o evento. A entidade disse que "aceitaram e entenderam" a posição do COI, mas alegaram que eles apoiaram totalmente a Pichler. Eles acrescentaram que ele tinha sido um "líder ativo e advogado do esporte limpo" ao longo de sua carreira.

Pichler disse à agência de notícias alemã DPA que ele estava consultando advogados depois de reivindicar "princípios democráticos" que foram ignorados ao proibi-lo de Pyeongchang 2018. Em entrevistas com a mídia sueca, Pichler disse que era um "escândalo" e que ele era uma "vítima".

"Eu não estava envolvido de forma alguma, nem mesmo um por cento", disse Pichler, que treinou a equipe russa de biatlo de 2011 a 2014. "Claro, algo poderia ter acontecido atrás das minhas costas. Eu vou preparar o time da melhor maneira possível, como de costume eu darei 150 por cento, e durante as Olimpíadas eu posso fazer o Skype com os atletas".

Foto: Divulgação


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes