Roger Federer deseja que seus filhos não sigam a sua carreira

Após derrotar o francês Richard Gasquet por 6/2 7/5 6/4 no Australian Open, o suíço Roger Federer foi perguntado sobre o que acha de seus filhos seguirem seus passos no tênis. Em tom de brincadeira o suíço não gostou muito da ideia, mas  disse que daria suporte.

Federer tem quatro filhos, Charlene Riva, Myla Rose, Leo e Lenny, dois casais de gêmeos: "Espero que não porque não precisamos de alguém na família passando mais 25 anos no circuito. ", disse Federer destacando que quer que seus filhos pratiquem esportes, pelo aprendizado que eles proporcionam:

"Mas se não tiver jeito, eu serei um pai que apoiará. Não posso dar a direção que eles irão tomar, se será algo relacionado aos esportes ou algo de finanças e negócios, não tenho ideia para onde eles vão. O que sei é que darei todo o suporte a eles, é ótimo fazer esportes cedo na vida, é bom para eles. "

Federer continuou: "Ganhar, perder, isso vem depois, mas se aprende muito. Você faz muitos amigos nos esportes, você se conhece melhor, é saudável, você sai mais, acredito bastante nessas coisas. Estou feliz que todos meus filhos já jogam tênis pois nossos amigos têm filhos que também jogam. Não queria que meus filhos fossem os únicos que não jogassem. Não que é porque queremos, mas ficaríamos chateados de não jogassem".


foto: Paul Crocker/AFP

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes