Marta não faz planos de igualar recorde de mundiais de Formiga: 'Só o tempo dirá se o próximo mundial será o último'

A atacante brasileira Marta se prepara para mais um desafio em 2018, a disputa da copa América feminina em abril, torneio que garante duas vagas diretas e uma para repescagem - do mundial de futebol feminino que será disputado em 2019 na França. E a brasileira não faz planos de igualar o recorde de Formiga, que disputou seis edições de mundiais. Se o Brasil se classificar em 2019, Marta, de 31 anos, irá disputar sua quinta edição.

“Embora não possa prever o dia de amanhã, não posso dizer que esta será minha última Copa do Mundo”, disse, em entrevista ao site da Fifa. “Eu tento viver cada dia e cada momento. Preciso trabalhar duro todos os dias para estar muito bem. Apenas o tempo dirá se será minha última Copa do Mundo”.

A seleção brasileira feminina passou por momentos conturbados ano passado, com a demissão de Emily Lima e o retorno de Vadão, o que Marta caracteriza como um período de transição. “Mas o objetivo continua o mesmo: fazer gols e jogar bem. Claro que também chegar à Copa do Mundo muito bem e lutar pelo título, como sempre. É uma competição muito importante para nós. E o importante é que temos trabalhado muito duro. O nível será muito bom. Temos enfrentado várias seleções e o que vemos é que o futebol feminino está se desenvolvendo muito bem ao redor do mundo”, disse.

Marta também revelou que começou a pensar no que vai fazer quando se aposentar dos gramados: “É difícil viver sua vida inteira jogando futebol e, quando parar de jogar, não fazer nada relacionado com ele. Há muitos jogadores e jogadores que viveram bons momentos no jogo e ainda estão envolvidos de um jeito ou de outro. Meu pensamento é permanecer no futebol feminino e ajudar a desenvolvê-lo, fazer com que mais garotas e mulheres o disputem”, encerrou.


com informações de Trivela
foto:AP

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes