Etapa italiana de Antholz-Anterselva da Copa do Mundo de Biatlo marca mais um embate entre Fourcade e Boe

A cidade italiana de Antholz-Anterselva recebeu na última semana mais uma etapa da Copa do de Biatlo. Entre os homens a etapa foi marcada por mais um confronto entre o francês Martin Fourcade e o norueguês Joahannes Thingnes Boe, mostrando que esta deve ser a principal disputa por medalhas em PyeongChang, no mês que vem. Entre as mulheres, a etapa foi marcada pelo equilíbrio e diversidade de atletas no pódio.

Na prova de sprint feminina de 7.5 km nenhuma das três primeiras colocadas cometeram erros nas sessões de tiro. Vitória da Noruega, com Tiril Eckhoff, com tempo total de 21:05.3. Em segundo lugar ficou a alemã Laura Dahlmeier, que chegou 12.1 segundos atrás da campeã. O bronze ficou com Veronika Vitkova, da República Tcheca, com tempo total de 21:25.9. Darya Domracheva, de Belarus, ficou em quarto lugar e Anais Bescond, da França, em quinto.

A prova de sprint masculina de 10 km foi vencida pelo norueguês Johannes Thingnes Boe, que mesmo cometendo um erro nas sessões de tiro, não foi ultrapassado pelo francês Martin Fourcade. Thingnes Boe completou a prova com o tempo total de 23:19.3, deixando em segundo lugar Fourcade, que mesmo zerando nos tiros, completou a prova em 23:32.1. Arnd Peiffer, da Alemanha, completou a prova com tempo de 42.2 segundos superior ao de Boe e assegurou a medalha de bronze na disputa. Anton Shipulin, da Rússia, e Emilien Jacquelin, da França, foram o quarto e o quinto colocados, respectivamente.

Laura Dahlmeier, da Alemanha, conquistou sua segunda medalha na etapa, dessa vez de ouro, na prova de perseguição de 10 km. A alemã, com um erro nas sessões de tiro, conquistou o ouro com o tempo de 29:45.0. A medalha de prata ficou com a dona da casa, a italiana Dorothea Wierer. Com dois erros nas sessões de tiro, a italiana completou a prova com um tempo 17.3 segundos superior ao de Dahlmeier. O pódio foi completado pela bielorrussa Darya Domracheva, que também cometeu dois erros nos tiros, e completou a prova 20.2 segundos depois da campeã. A norueguesa Tiril Eckhoff ficou em quarto lugar e a finlandesa Kaisa Makarainen em quinto.

A segunda vitória de Johannes Thingnes Boe, veio na prova de perseguição masculina de 12.5 km, com o seu maior rival, o francês Martin Fourcade, em segundo. Thingnes Boe, sem erros nos tiros, conseguiu finalizar a prova em 31:14.4. O tempo foi mais de um minuto inferior ao de Fourcade, que cometeu um erro nos tiros, e ficou com a prata ao fazer 32:14.9. Medalha de bronze para o russo Anton Shipulin, com 32.32.8. O alemão Arnd Peiffere e o norueguês Emil Hegle Svendersen completaram o top 5. 

Na prova de largada em massa feminina de 12.5 km, vitória para Darya Domrachova, da Bielorrússia, sua segunda medalha na etapa. Com um erro no tiro, Domrachova completou a prova em 40:23.9 para assegurar a medalha de ouro. A prata ficou com Anastasiya Kuzmina, da Eslováquia, que cometeu três erros nas sessões de tiro e concluiu a prova 40:25.8, 11.9 segundos superior ao da campeã. Kaisa Makarainen, da Finlândia, completou o pódio com o tempo de 40:40.1. Marte Olsbu, da Noruega, e Laura Dahlmeier, da Alemanha, completaram o top 5. Após o fim da etapa de Antholz-Anterselva, a Copa do Mundo é liderada por Kaisa Makarainen.


A prova de largada em massa de 15 km masculina foi vencida por Martin Fourcade, com dois erros nas sessões de tiro e tempo total de 40:18.6. Thingnes Boe foi o terceiro colocado, com os mesmos dois erros nos tiros, mas 5.1 segundos atrás de Fourcade. Com o resultado, Fourcade retomou a liderança da Copa do Mundo. A medalha de prata na largada em massa ficou com o irmão de Johannes, Tarjei Boe, com 40:21.4. Os alemães Benedikt Doll e Johannes Kuehn completaram o top 5.

Foto: IBU


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes