Decisão do COI causa misto de sentimentos em treinadora da Coreia do Sul

Treinadora da seleção sul-coreana de hóquei no gelo, Sarah Murray, disse que o sentimento em colocar 12 norte-coreanas na lista final é um sentimento "misturado".

Em entrevista ao site Yonhap, a treinadora disse que será importante fazer parte de um momento histórico mas as mudanças podem afetar o time há menos de 20 dias dos jogos.

As 12 jogadoras norte-coreanas ainda não se juntaram a equipe e Murray disse que não sabe quando isso irá acontecer, Murray afirmou criar uma "lista fantasma" de jogadoras da quarta linha onde jogarão as norte-coreanas.

"A química em nossa primeira, segunda e terceira linhas é realmente forte, e o estilo de jogo dos norte-coreanos é adequado para a nossa quarta linha", disse Murray.

"Quando você descobrir que qualquer número de jogadores não vai se vestir para sua equipe, não é uma ótima notícia. Estamos felizes por não ter que vestir até 12 jogadores. Neste momento, nosso plano é que vamos escolher as melhores. Estamos tentando ganhar as Olimpíadas ".

Nem todas as jogadoras do esquadrão foram diplomáticas com Murray, a goleira Jung Shin por exemplo não foi liberada por seu clube.

O acordo de colocar jogadoras norte-coreanas na equipe de hóquei no gelo gerou polêmica na Coreia do Sul, diminuindo inclusive a popularidade do presidente sul-coreano Jae In Moon.

Foto:ATR


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes