Australian Open 2018 - Dia 7


O sétimo dia de competições em Melbourne marcou o início das fase de oitavas de final da chave de simples, sem grandes surpresas.

Masculino:

O espanhol Rafael Nadal perdeu o seu primeiro set no torneio, mas conseguiu vencer o argentino Diego Schwartzman por 3 sets a 1, parciais de 6-3, 6-7(4), 6-3 e 6-3. O resultado garantiu ao Nadal a permanência no topo do ranking mundial. Nadal terá pela frenta nas quartas de final o croata Marin Cilic, que derrotou o espanhol Pablo Carreno Busta, de virada, por 3 sets a 1, parciais de 6-7(2), 6-3, 7-6(0) e 7-6(3).

Nadal e Cilic já se enfrentaram em seis oportunidades, com cinco vitórias do espanhol. Eles já se enfrentaram no Australian Open de 2011, com triunfo do Nadal por 3 sets a 0.

No jogo mais aguardado do dia e que abriu a sessão noturna da Rod Laver Arena, o búlgaro Grigor Dimitrov acabou com a última esperança australiana ao vencer Nick Kyrgios por 3 sets a 1, parciais de 7-6(3), 7-6(4), 4-6 e 7-6(4). Com isso, a Austrália emplaca mais um ano sem um tenista local conquistar um título. O último foi em 1976 com Mark Edmondson.

Dimitrov enfrentará nas quartas de final o britânico Kyle Edmund, que derrotou o italiano Andreas Seppi por 3 sets a 1, parciais de 6-7(4), 7-5, 6-2 e 6-3. É a primeira vez que Edmund chega às quartas de final de um Grand Slam. Dimitrov e Edmund já se enfrentaram em duas oportunidades, com duas vitórias para o búlgaro, a última delas no torneio de Brisbane este ano, por 2 sets a 1.


Feminino:

No jogo que abriu a programação da Rod Laver Arena, a estoniana Anett Kontaveit venceu o primeiro set contra a espanhola Carla Suárez Navarro por 6-4 e vencia o segundo por 4-1 e saque. Tudo parecia se encaminhar para um triunfo tranquilo da estoniana, porém a espanhola devolveu as duas quebras que tinha abaixo, venceu 5 games seguidos e fechou o segundo set em 6-4. 

No terceiro set, Kontaveit teve uma nova chance de vencer o jogo sacando em 5-4, mas novamente não aproveitou a oportunidade. Melhor para Suárez Navarro que quebrou o saque da estoniana no 14° game, para vencer o set em 8-6 e avançar para as quartas de final. É a terceira vez que a esponhola chega nesta fase do torneio, as outras duas foram em 2009 e 2016.

A espanhola terá pela frente nas quartas de final a dinamarquesa Caroline Wozniacki, que atropelou a eslovaca Magdalena Rybarikova por 2 sets a 0, parciais de 6-3 e 6-0, em 1 hora e 3 minutos de jogo.

A belga Elise Mertens chegou pela primeira vez às quartas de final de um Grand Slam ao derrotar a croata Petra Martic por 2 sets a 0, parciais de 7-6(5) e 7-5. A belga enfrentará nas quartas de final a ucraniana Elina Svitolina, que precisou de apenas 57 minutos para arrasar a tcheca Denisa Allertova por 2 sets a 0, parciais de 6-3 e 6-0. É a primeira vez que a ucraniana chega às quartas de final do Australian Open.

Duplas:

Pela primeira rodada da chave de duplas mistas, o brasileiro Bruno Soares e a russa Ekaterina Makarova, cabeças de chave 3, superaram a dupla formada pela chinesa Yifan Xu e pelo neozelandês Marcus Daniell, com parciais de 6-3, 5-7 e 10-2 no match tiebreak.

Já nas duplas femininas, a brasileira Bia Haddad Maia e a romena Sorana Cirstea perderam de virada para as tchecas Lucie Safarova e Barbora Strycova, cabeças de chave 4, por 2 sets a 1, parciais de 2-6, 6-0 e 6-4.

Juvenis

O brasileiro Thiago Wild, cabeça de chave 9, estreou com vitória sobre o australiano Dane Sweeny por 2 sets a 0, com duplo 7-5. Wild também venceu nas duplas, ao lado do argentino Sebastian Baez, os cabeças de chave 1 do torneio venceram a dupla formada pelo britânico Jack Draper e pelo francês Titouan Droguet por 7-5, 3-0 e abandono.

Já a dupla formada pelos brasileiros Matheus Pucinelli e João Reis da Silva foram eliminados pela dupla formada pelo romeno Filip Cristian Jianu e pelo argentino Thiago Agustin Tirante por 2 sets a 0, com um duplo 7-6.

Fotos: Australian Open 2018

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes