Primeira etapa da copa do Mundo de Biatlo consagra Martin Fourcade e Denise Herrmann

A cidade sueca de Oestersund recebeu entre os dias 24 de novembro e 3 de dezembro a primeira etapa da Copa do Mundo de Biatlo da temporada. A etapa contou com grandes nomes do esporte, com destaque para o francês Martin Fourcade, que terminou a disputa com uma medalha de ouro, uma de prata e uma de bronze e para a alemã Denise Herrmann, com duas medalhas de ouro.

Na prova de Perseguição de 12,5 km o atual campeão olímpico da distância, o francês Martin Fourcade, conquistou a medalha de ouro com o tempo de 30:12.2, tendo sido o melhor na prova de tiro. Medalha de prata para o esloveno Jakov Fak, 40.8 a mais do que o francês. Encerrando o pódio, mais uma medalha francesa com Quentin Fillon Maillet, medalhista de bronze em Sochi 2014, que marcou 42.1 a mais do que Fourcade. Completaram o top 5 o sueco Emil Hegle Svendsen e o sueco Fredrik Lindstroem.

Na prova feminina de Perseguição de 10 km, a medalha de ouro foi conquistada por Denise Herrmann, da Alemanha. Ela errou dois tiros e teve o tempo total de 30:02.7. Medalha de prata para a francesa Justine Braisaz, que completou a prova com o tempo 25.8 maior do que Herrmann, mesmo tendo zerado no tiro. Marte Olsbu, da Dinamarca, completou o pódio na Suécia, com tempo 48.0 maior do que o da campeã. Lisa Vittozzi, da Itália, e Maren Hammerschimidt, da Alemanha.

Na prova dos 20 km masculina, vitória do dinamarquês Johannes Thingnes Boe, que zerou no tiro e completou a prova em 53:24.5. Os outros dois lugares no pódio foram preenchidos pelos franceses. Quentin Fillon Maillet foi medalhista de prata e Martin Fourcade ficou com o bronze. Julian Eberhard, da Áustria, e Anton Babikov, da Rússia, fecharam os cinco primeiros.

Medalhista de bronze em Sochi 2014, a bielorrussa Nadezhda Skardino, ficou com a medalha de ouro na prova dos 15 km feminino, em uma final bastante disputada, onde as quatro primeiras colocadas zeraram o tiro. Skardino completou a prova em 42:57.4, apenas 2.9 a menos do que a norueguesa Synnoeve Solemdal e 12.0 a menos do que a ucraniana Yuliia Dzhima. Completaram o top 5 uma ucraniana e uma eslovena.

Tarjei Boe, da Dinamarca, conquistou a medalha de ouro na prova de Velocidade Individual de 10 km. Com o tempo 22:40.6, ele chegou apenas 0.6 segundos à frente do francês Fourcade. A medalha de prata do francês foi a terceira conquistada por ele em Oestersund. O bronze ficou com o alemão Erik Lesser, com um tempo de 3.7 maior do que o de Boe. Emil Hegle Svendsen, da Noruega, foi o quarto colocado e Simon Schempp, da Alemanha, o quinto.

Na prova de Velocidade Individual de 7.5 km, a alemã Denise Herrmann, mesmo cometendo um erro na prova de tiro, foi a campeã da etapa. Ela concluiu a distância em 19:54.8. Prata para a francesa Justine Braisaz, com 15.2 a mais do que a alemã. Completou o pódio a ucraniana Yuliia Dzhima, com 19.6 a mais do que a campeã Herrmann. A dinamarquesa Synnoeve Solemdal e a italiana Lisa Vittozzi fecharam o top 5.

Na prova de revezamento misto, medalha de ouro para a dupla da Áustria, formada por Lisa Theresa Hauser e Simon Eder, com o tempo total de 36:17.0. A medalha de prata foi conquistada por Vanessa Hinz e Erik Lesser, 16.5 a mais do que a dupla austríaca. Medalha de bronze para a equipe do Cazaquistão formada por Galina Vishnevskaya e Maxim Braun. Os franceses ficaram em quarto lugar e a equipe da Suécia em quinto.


Na prova do Revezamento Misto 2x6 + 2x7.5, vitória do quarteto norueguês. A equipe nórdica teve o tempo total do percurso dos quatro atletas concluídos em 1:11:31.7. O quarteto italiano ficou com a prata, com um tempo superior de 5.3 em relação aos noruegueses. Os alemães completaram o pódio, 6.4 superior aos campeões, e muito próximo da medalha de prata. Eslováquia e Suécia fecharam o top 5.

Foto: IBU


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes