Gracie Gold fica fora da equipe americana para PyeongChang após desistir do Campeonato Nacional por problemas de saúde

As chances de classificação de Gracie Gold para mais uma Olimpíadas de Inverno representando os Estados Unidos terminaram após o seu anuncio de que não estará no campeonato nacional de patinação artística no mês de dezembro, devido a sua batalha contra a depressão, ansiedade e transtorno alimentar.

Gold já havia confirmado no mês passado que não disputaria as duas competições do Grand Prix Internacional de Patinação Artística (ISU), pois ainda estava "recebendo tratamento profissional para assuntos fora do gelo".

Medalhista de bronze com a equipe olímpica de Sochi 2014, Gold tinha se programado para começar a temporada de Pyeongchang 2018 no Japan Open, uma competição para equipes convidadas, na cidade de Saitama, em 7 de outubro, mas ela acabou desistindo. Gold também decidiu se retirar dos eventos do Grand Prix da ISU deste mês em Pequim, na China, e na cidade francesa de Grenoble.

Em uma declaração enviada para repórteres através de e-mail, Gold afirmou que "quebra o seu coração" se retirar do Campeonato Nacional dos Estados Unidos de 2018, que se realizará em San Jose. O evento, que deverá começar em 29 de dezembro, servirá como evento de seleção final para a formação da equipe para Pyeongchang 2018.

"Eu ainda estou passando por tratamento para depressão, ansiedade e um transtorno alimentar. Eu não tive tempo de treinamento adequado para executar no nível em que eu quero. Me dói não competir nesta temporada olímpica, mas sei que é o melhor. Desejo a todos a melhor sorte e estarei torcendo por todos vocês. Quero agradecer a todos pelo amor e apoio contínuos. Isso significa o mundo para mim", dizia a declaração da atleta.

Gold ganhou a medalha de prata no Campeonato Mundial Júnior de 2012, em Minsk, capital da Bielorrússia, e terminou em quarto lugar no Campeonato Mundial de Boston, em 2016. A esquiadora de de 22 anos é bicampeã nacional, tendo conquistado os títulos em 2014 e 2016. Este ano, no entanto, ficou apenas em sexto lugar e perdeu a vaga na equipe do Campeonato Mundial.


Depressão e transtornos alimentares vêm causando discussões no meio da patinação artística. Em agosto foi anunciado que Yulia Lipnitskaya, membro do time russo que ganhou a medalha de ouro por equipe na Olimpíada de Sochi 2014, se aposentou com apenas 19 anos. Sua mãe revelou que a decisão de Lipnitskaya em sair do esporte aconteceu em função de um tratamento para anorexia.

Foto: Getty Images


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes