Brasil goleia na estreia da Copa América de Futebol de 5

A Seleção Brasileira de futebol de 5 começou a Copa América IBSA 2017, que está sendo disputada no Chile, como vem terminando a maioria de suas partidas nos últimos anos: com vitória. Sem tomar conhecimento dos peruanos, o time goleou por 9 a 0, na noite desta terça-feira, 28, no Estádio Municipal de Colina, a 30 km da capital Santiago. 

O craque Ricardinho, atual melhor jogador do mundo, comandou a equipe com três gols - agora, ele soma 98 em competições oficiais com a camisa canarinho e ficou ainda mais perto do centésimo. O ala/pivô Nonato também deixou a marca dele três vezes. Os alas Marquinhos (dois gols) e Bill fecharam a conta.

Agora, a equipe terá o México pela frente. As seleções se enfrentam às 17h30 (de Brasília) desta quarta-feira, 29.  

"Tirou o peso da estreia. Agora teremos adversários mais complicados e experientes", analisou o técnico Fábio Vasconcelos. Os peruanos, por exemplo, fizeram apenas sua terceira partida na história contra o Brasil - perderam todas, nunca conseguiram marcar um gol e ainda sofreram 29. Os mexicanos, apesar de também nunca terem escapado da derrota nos dez confrontos diante dos brasileiros, costumam dar um pouco mais de trabalho. 

Com mais um triunfo, a Seleção Brasileira ampliou para 53 jogos seu período de invencibilidade. A última derrota foi para a Argentina (2 a 1), em maio de 2013, pelo Torneio Internacional de San Luis del Rey, no México. 

A equipe canarinho busca sua sexta conquista de Copa América. Foi campeã em 2013 (Santa Fé-ARG), 2009 (Buenos Aires-ARG), 2003 (Bogotá-COL), 2001 (Paulínia-BRA) e 1997 (Assunção-PAR). Só não levou as edições de 2005 (São Paulo-BRA) e 1999 (Buenos Aires-ARG). 

O jogo 
Diante de uma equipe inexperiente e fisicamente muito inferior, o Brasil não demorou a fazer valer o favoritismo. Mesmo jogando contra uma retranca - o goleiro peruano chegava a posicionar um de seus fixos próximo a ele, quase dentro da sua área -, a Seleção encontrou espaços para finalizar. Foi com dois chutes fortes, um no alto e outro no canto baixo, que Ricardinho começou a dar show em solo chileno. 

Logo na sequência, Nonato ampliou. Depois, em cobrança de penalidade, Bill acertou outra paulada sem defesa para o arqueiro adversário. Quando o duelo parecia caminhar com o 4 a 0 para o intervalo, a 20 segundos do término da etapa inicial, Nonato estufou as redes novamente. Vale lembrar que, na Copa América, o cronômetro agora é interrompido sempre que a bola sai de jogo.  

Na volta para o segundo tempo, o técnico brasileiro aproveitou para mexer na equipe. Trocou o goleiro Luan por seu reserva, Vinícius, e colocou Marquinhos no lugar de Cássio. O experiente ala de 36 anos - jogador desse grupo há mais tempo defendendo a Seleção - mostrou por que ainda é tão importante, ao marcar dois gols, sendo um fazendo fila na equipe peruana inteira, antes do arremate rasteiro. Nonato e Ricardinho ainda marcaram mais um gol cada e decretaram o placar final: 9 a 0.  

Favoritos largam vencendo 
Além do Brasil, as outras duas equipes candidatas ao título foram bem na estreia, mas de maneiras diferentes. 

A Argentina não encontrou dificuldades e, dentro do seu estilo de jogo mais cadenciado, ganhou dos mexicanos por 3 a 0 - gols de Silvio Velo, Nicolás Véliz e Lucas Rodríguez. 

Já a Colômbia teve de suar muito a camisa para bater os donos da casa no confronto que abriu a competição: 4 a 3, de virada. Do lado chileno, o camisa 10 Victor Silva foi o destaque, com os três gols do seu time, que chegou a largar com 2 a 0 na frente. Do lado colombiano, porém, Juan Quintero, conhecido do público brasileiro (defendeu a CEIBC-RJ em 2016 e 2017), brilhou. O cabeludo também balançou as redes três vezes. John González marcou o outro dos "cafeteros".


A Copa América prossegue nesta quarta-feira com três confrontos: além de Brasil x México, que fecham a programação, jogam Chile x Peru e Argentina x Colômbia. Lembrando sempre que a competição é jogada no formato de todos contra todos, em turno único, e as duas equipes com mais pontos ao fim desses confrontos garantem vaga na final, no próximo domingo, dia 3 de dezembro.

Foto: CPB


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes