Brasil faz primeiro treino no Chile e está pronto para nova regra do futebol de 5


A Copa América de Futebol de 5 2017 será a primeira competição oficial da modalidade a utilizar a nova regra para as medidas dos gols. Em vez do antigo formato 3m x 2m, as balizas agora terão 3,66m de largura por 2,14m de altura. Um desafio e tanto, especialmente para os goleiros da Seleção Brasileira, que estreia na competição nesta terça-feira.
“Como sou goleiro de futsal convencional também desde criança, desde os 8 anos, já era acostumado com a outra trave. Deu uma aumentada boa. Querendo ou não, se não estivermos acostumados e treinados, complica um pouco”, admite o goleiro Luan, de 24 anos, titular da equipe.
Neste domingo, o Brasil conheceu e treinou no palco do campeonato, o Estádio Municipal de Colina, localizado a cerca de 30 km do centro da capital chilena. Em relação à alteração na regra, o time se mostrou preparado.
Mas o trabalho de adaptação começou bem antes. Desde julho, a equipe dirigida pelo técnico Fábio Vasconcelos vem treinando em campos com as novas traves oficiais, o que auxiliou na transição, segundo Luan.
“Com os treinamentos, melhorou bastante, já me acostumei com o posicionamento. O que pega mais é a bola parada. Tiro livre, nem tanto, mas o pênalti está mais complicado, até pela minha estatura (1,72 m). Mas, durante o jogo, não é mais aquele bicho de sete cabeças que era no início”, garante.
O outro goleiro do time, Vinícius, também de 24 anos, tinha uma experiência diferente da de Luan, pois foi formado no futebol de campo. Mas também aponta as penalidades como a principal armadilha para os jogadores da posição.
"Parece que não, mas faz diferença, principalmente a altura da trave. O tiro de oito até que foi mais tranquilo", analisa. Para quem ainda não conhece as regras da modalidade, as cobranças de oito metros são batidas após a equipe cometer a terceira falta.
Se, para quem precisa impedir os gols, a missão ficou mais complicada, lá na frente, os encarregados por balanças as redes adversárias aprovaram a mudança.
“Achei bacana porque a Seleção Brasileira tem jogadores habilidosos, como o Ricardinho, o Nonato... Até para mim, que gosta de chutar de longe, facilitou”, afirma o ala Severino Silva, o Bill, de 35 anos, de volta ao selecionado na vaga de Jefinho, que se recupera de lesão e não foi convocado para a competição no Chile. 

Definição dos adversários


Além do primeiro treino, o domingo, 26, também foi marcado pela definição dos adiversários da Seleção, por meio de sorteio, durante o Congresso Técnico do campeonato. A competição será jogada no formato de todos contra todos, em turno único. As duas equipes com mais pontos ao fim desses confrontos garantem vaga na final, no dia 3 de dezembro.

Em busca do hexacampeonato, o Brasil abre sua caminhada contra o Peru, na terça-feira, às 20h (horário de Brasília). Depois, encara o México, na quarta, às 17h30. Na quinta, será a vez do duelo com os donos da casa, os chilenos, novamente às 17h30. As duas últimas partidas classificatórias reservam os maiores desafios: Argentina, sexta, às 11h, e Colômbia, sábado, às 13h30. 

Foto: CPB/MPIX


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes