Seleção Masculina de Handebol do Brasil se prepara para amistosos e o Torneio das Quatro Nações

A Seleção Masculina de Handebol está em um novo momento. Após os Jogos Olímpicos no ano passado e a disputa do Mundial em janeiro deste ano, chegou a vez de pensar no futuro. Novo ciclo, novas metas. O objetivo agora é dar continuidade ao trabalho e seguir em crescimento. E, o novo encontro já tem data e local marcados. Na próxima semana, 22 atletas estarão em São Bernardo do Campo (SP) para dois amistosos e para a disputa do IV Torneio Quatro Nações, no ginásio poliesportivo Adib Moyses Dib.

A agenda começa com um confronto contra a Argentina na quarta-feira (25), às 19h30. Na quinta-feira (26), os adversários serão os chilenos.

Na sexta (27), sábado (28) e domingo (29) será a vez da quarta edição do Torneio Quatro Nações, com a presença do Brasil, Argentina, Chile e Uruguai. Na sexta, a Seleção joga com o Uruguai, às 19h. Mais cedo, às 17h, Argentina e Chile entram em quadra. No sábado, o Brasil enfrenta o Chile às 18h e, mais cedo, às 16h será a vez de Argentina e Uruguai. No domingo, Brasil e Argentina abrem a rodada às 10h, e Chile e Uruguai encerram o torneio às 12h30.

Como este é o recomeço do trabalho, já de olho em Tóquio 2020, o técnico Washington Nunes fará algumas modificações na equipe, a começar pelos convocados. O grupo de 22 atletas mantém a base dos compromissos anteriores, mas contará com alguns novos nomes e também com o retorno de outros que ficaram um tempo longe da Seleção.

O capitão Thiagus Petrus acredita que esta será uma grande prova para a equipe por ser um retorno e também um recomeço para alguns. A maior parte dos atletas está em pleno ritmo de jogo com as respectivas equipes na Europa e no Brasil e isso também será importante durante os treinamentos. "Essa será uma fase de transição e testes porque teremos cinco jogos e com 22 atletas temos muitas possibilidades de provar novas táticas e relembrar o que fizemos bem nos últimos jogos", frisou. "Essas primeiras fases do novo ciclo olímpico são muito importantes porque muitos jogadores vão ter a oportunidade de passar pela Seleção e provar que merecem ficar. E os que estão há algum tempo querem continuar fazendo parte, por isso, temos que lutar pelo nosso espaço também. O bom que todos os jogadores se conhecem. Será uma disputa bem saudável na qual a Seleção sai ganhando", completou.

O armador esquerdo se mostra ansioso para vestir a camisa da Seleção e reencontrar o público que tanto apoiou a equipe nos Jogos do Rio. "Desde o Mundial que não nos reunimos e é sempre uma felicidade poder representar o Brasil e mais ainda no nosso próprio país."

Ele ressalta a oportunidade de jogar com quatro equipes do Continente que farão frente ao País no Pan-Americano no ano que vem. "Agora o foco será começar a nos prepararmos para o Pan-Americano, que é a nossa próxima competição oficial e temos a sorte de contar com os quatro primeiros colocados da última edição", encerrou o capitão.

Esta semana, a convocação original do técnico Washington Nunes sofreu uma alteração. O pivô Rogerio Moraes sofreu uma lesão no nariz durante partida com sua equipe, o atual campeão da Champions League, HC Vardar, da Macedônia, e ficará um período afastado das quadras. Para o lugar dele foi chamado Leonardo Domenech, do Club Balonmano Angel Ximenes Puente Genil, da Espanha.

Jogos:
Programação
Quarta-feira (25)
19h30 - Brasil X Argentina (amistoso internacional)


Quinta-feira (26)
19h - Brasil X Chile (amistoso internacional)



Sexta-feira (27)
17h - Argentina X Chile
19h - Brasil X Uruguai

Sábado (28)
16h - Argentina X Uruguai 
18h - Brasil X Chile

Domingo (29) 
10h - Brasil X Argentina
12h30 - Uruguai X Chile


Seleção Masculina de Handebol
Goleiros - César Almeida 'Bombom' (BM Granollers-Espanha), João Victor Perez Feliciano (1955 Batman Belediyespor-Turquia) e Leonardo Terçariol 'Ferrugem' (JS Cherbourg Manche HB-França).


Armadores - Gustavo Rodrigues (US Créteil Handball-França), Haniel Langaro (Dunkerque Handball Grand Littoral-França), José Guilherme de Toledo (Wisla Plock-Polônia), Oswaldo Maestro Guimarães (Helvetia Anaitasuna-Espanha), Thiago Ponciano (BM Ciudad Encantada-Espanha) e Thiagus Petrus Gonçalves dos Santos (Pick Szeged-Hungria).


Centrais - Acácio Marques Moreira Filho (BM Ademar León-Espanha), Henrique Teixeira (BM Bada Huesca-Espanha) e João Pedro Silva (Sport Lisboa e Benfica-Portugal).


Pontas - André Martins Soares 'Alemão' (Taubaté/FAB/Unitau-SP), Arthur Flosi Alexandre Peão (EC Pinheiros-SP), Cleryston Novais (Aziziye Belediyese Termalspor-Turquia), Fábio Chiuffa (BM Logroño-Espanha), Felipe Borges (Sporting Clube de Portugal), Lucas Cândido (BM Guadalajara-Espanha) e Rudolph Hackbarth (EC Pinheiros-SP).


Pivôs - Alexandro Pozzer 'Tchê' (Dunkerque Handball Grand Littoral-França), Felipe Santaela 'Panda' 'FC Porto-Portugal) e Leonardo Domenech (Club Balonmano Angel Ximenes Puente Genil-Espanha).

Foto: CBHb/Photo&Grafia


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes