Faltando quatro meses para os Jogos Paralímpicos de Pyeongchang 2018, apenas 457 ingressos foram vendidos

Faltando pouco mais de quatro meses para o início dos Jogos Paralímpicos de Inverno de PyeongChang 2018, o interesse do público local com o evento segue causando dor de cabeça nos organizadores. Se os últimos números divulgados da comercialização de ingressos das Olimpíadas de PyeongChang indicaram que somente 275.964 dos 1.07 milhões de ingressos disponíveis foram vendidos, os valores dos Jogos Paralímpicos são ainda mais preocupantes. Apenas 0,2% dos ingressos disponibilizados ao público foram comercializados. Os números são ainda menores do que os divulgados pelo Korean Herald no início de outubro, 4,2%.

Jo Seoung-lae, do Partido Democrata que está no governo, recebeu os últimos dados do Ministério da Cultura, Esportes e Turismo. Ele disse à agência de notícias sul-coreana Yonhap que apenas 457 de um total de 223,353 mil ingressos para os Jogos Paraolímpicos haviam sido vendidos até a sexta-feira, 20 de outubro. "É muito preocupante que a porcentagem de vendas de ingressos seja de apenas 0,2 com os Jogos Paraolímpicos há quatro meses de distância. Os Jogos Paraolímpicos devem ser promovidos ativamente como os Jogos Olímpicos", disse Jo.

O curling em cadeiras de rodas foi o esporte com a menor porcentagem de vendas, com um total de 0,09. Em números brutos, isso representa apenas 37 dos 40.071 ingressos disponibilizados para o esporte. Já o ingresso mais vendido foi o da cerimônia de abertura, com 0,95%, mas em números totais equivalentes a 191 ingressos vendidos de um total de 20.032 ingressos.

Apesar dos baixos índices apresentados na venda dos ingressos para as Olimpíadas, o Comitê Olímpico Internacional (COI) segue confiante na melhora das vendas. Um porta-voz da entidade concedeu entrevista para o site Insidethegames e afirmou acreditar que a organização local conseguira atingir a meta de vendas, tendo em vista a venda de bikhetes para outros eventos importantes na Coreia do Sul, bem como no apelo junto ao público da proximidade do evento.  "Foi-nos apresentado um plano de vendas promocionais na última reunião da Comissão de Coordenação e a expectativa é que seja entregue na íntegra. O COI apoia plenamente as atividades do POCOG (O comitê organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Pyeongchang 2018). Por exemplo, durante a última visita da Comissão de Coordenação do COI à Pyeongchang, discutimos com os organizadores coreanos uma série de ideias adicionais para apoiar a venda de ingressos e estas serão lançados nos próximos três meses. Em particular, o revezamento da tocha olímpica está programado para começar na Coréia em uma semana, o que deverá aumentar a atenção da mídia e do público para os Jogos, enquanto as campanhas dos titulares de direitos e parceiros de transmissão acabaram de começar”, afirmou o porta-voz.

Os organizadores de Pyeongchang 2018 afirmaram que 59,7% dos 320 mil ingressos reservados para os estrangeiros foram vendidos, entretanto esse valor inclui aqueles que foram distribuídos aos revendedores autorizados em cada país e não significa necessariamente que eles tenham sido comprados.

De acordo com o Korean Herald, apenas 17,2% dos ingressos para o hóquei no gelo foram vendidos, o que retrata bem o cenário difícil em que encontram os organizadores, já que o hóquei é tradicionalmente um dos esportes que mais vendem ingressos nos Jogos.

Para tentar convencer a população e assim impulsionar as vendas, o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae, adquiriu recentemente ingressos para os Jogos. A Federação dos Bancos da Coréia disse que compraria 887 mil dólares em ingressos depois que os baixos números das vendas foram divulgados pela primeira vez. O governo da província de Gangwon também irá aumentar o número de ingressos comprados, de 3.720 para 27.834.

A qualidade ruim na promoção dos eventos vem sendo apontada como o motivo pela baixa venda ingressos para Pyeongchang 2018, a primeira edição dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno a serem realizados na Coréia do Sul. A forma de se promover os eventos foi frequentemente delineada pelo COI e pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC) como uma prioridade para os organizadores na preparação dos Jogos em meio a uma falta de interesse percebida.

Um porta-voz da Pyeongchang 2018 afirmou que 499 ingressos para os Jogos Paralímpicos foram vendidos para indivíduos, mas 8.902 foram comprados por grupos, levando o total para 9.401, o que representaria 4,3% do total.


As Olimpíadas Pyeongchang 2018 acontecerão entre os dias 9 a 25 de fevereiro. No mês seguinte terá início os Jogos de inverno, que ocorrerão entre os dias 8 e 18 de março.

Foto: Getty Images


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes