Dirigente do Comitê Olímpico dos EUA minimiza preocupações com a segurança em Pyeongchang 2018


Kelly Skinner, vice-presidente de desempenho esportivo do Comitê Olímpico dos Estados Unidos (USOC), prometeu que colocará como prioridade a segurança dos atletas e da equipe nos Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang 2018, enquanto admite que poucas preocupações foram levantadas por concorrentes americanos.

As tensões continuaram a aumentar na região após uma série de testes de mísseis pela Coréia do Norte nos últimos meses.

As questões foram intensificadas ainda mais pela retórica cada vez mais ameaçadora entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder norte-coreano Kim Jong-un.

Skinner foi rápido para minimizar as preocupações do USOC, afirmando que muitos atletas americanos competiram na Coreia do Sul sem problemas antes.

"A segurança e o bem-estar da Team USA está sempre em nossa mente em primeiro lugar. Estamos sempre trabalhando de perto com o Departamento de Estado [dos Estados Unidos]. O ambiente de todos os Jogos traz desafios únicos, mas temos alguns parceiros no Departamento de Estado que podem nos ajudar. Os preparativos da Team USA continuam com seriedade e garantiremos que os atletas e funcionários estejam seguros quando estiverem na Coréia do Sul. Essa é a nossa principal preocupação. Nos últimos dois anos, tivemos várias centenas de atletas participantes de eventos por aí e o feedback que recebemos é que as pessoas se sentiram confortáveis ​​e prontas para competir. Nosso objetivo será garantir que eles se sintam assim nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos", disse Skinner em uma teleconferência do USOC hoje.

Foto: Linkedin


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes