CEV divulga chaves das eliminatórias para o Campeonato Europeu de Vôlei de 2019

A Confederação Europeia de Voleibol (CEV) divulgou nesta sexta-feira, 14 de agosto, as chaves das classificatórias para o Campeonato Europeu de Vôlei de 2019 (Eurovolley). Com 48 equipes, 24 por gênero, participando da fase final e oito países sediando essa última etapa, a edição de 2019 será histórica.

No masculino a França, a Eslovênia, a Bélgica e a Holanda receberá a fase final. Já no feminino, Turquia, Polônia, Hungria e República Checa receberão a fase final. Com 12 equipes já qualificadas para cada um dos dois campeonatos, há ainda mais 24 postos a serem ocupados, 12 por gênero, para a próxima edição do Campeonato Europeu. O processo de qualificação que definirá essas últimas vagas tem seu início marcado para agosto de 2018, se estendendo até janeiro de 2019. Nesta sexta, a CEV divulgou como ficaram as chaves desses torneios de qualificação.

No masculino serão 26 equipes brigando por 12 vagas. Serão sete grupos, cinco com quatro e dois com três equipes. Todos os vencedores de chave mais os cinco vice-campeões com o melhor resultado participarão no EuroVolley masculino de 2019. Uma vez que há um número diferente de equipes nas sete chaves, os resultados das partidas jogadas com as equipes que finalizarem em último nos grupos de quatro serão descartados para determinar os cinco melhores finalistas em todos os grupos. As equipes em cada chave se enfrentarão por duas vezes, em jogo de ida e volta. As 12 equipes qualificadas se juntarão aos 4 países anfitriões (França, Eslovênia, Bélgica e Países Baixos), e aos outros 8 países que conquistaram suas vagas na edição de 2017, pela qualificação final do evento. São eles a Rússia, Alemanha, Sérvia, Itália, Bulgária, República Tcheca, Polônia e Turquia.

No grupo A estarão Finlândia, Dinamarca e Romênia. O B será composto por Letônia, Estônia e Israel. O grupo C contará com a Eslováquia, Montenegro, Moldávia e Islândia. Já o D terá Portugal, Croácia, Áustria e Albânia. No E estarão Espanha, Bielorrússia, Noruega e Geórgia. O grupo F é composto por Ucrânia, Macedônia, Hungria e Suíça. O último grupo, o G, terá Grécia, Suécia, Azerbaijão e Luxemburgo.

A versão feminina terá 24 equipes também brigando por 12 vagas. As equipes estão divididas em 6 grupos de 4 e as campeãs mais as segundas colocadas de cada grupo estarão qualificadas para o EuroVolley 2019. Assim como no masculino, as equipes em cada chave se enfrentarão por duas vezes, em jogo de ida e volta. 0s 12 qualificados se juntarão aos anfitriões (Turquia, Polônia, Hungria e República Checa, além dos outros oito já se classificados para a fase final após suas posições finais na edição de 2017. Os países são a Sérvia, Holanda, Azerbaijão, Itália, Rússia, Bielorrússia, Alemanha e Bulgária.

O grupo A é formado por Bélgica, Israel, Eslovênia e Islândia. O B terá a Croácia, Suíça, Áustria e Albânia. No C estarão Ucrânia, Montenegro, Grécia e Noruega. O D contará com a França, Portugal, Geórgia e Dinamarca. No E estarão a Eslováquia, Finlândia, Estônia e Suécia. O grupo F é composto por Romênia, Espanha, Letônia e Bósnia e Herzegovina.


A definição da composição dos grupos foi feita de acordo com o último Ranking Europeu de equipes nacionais masculinas e femininas. As equipes foram então dispostas no grupo no sistema de serpentina. A primeira rodada será disputada no dia 15 de agosto de 2017, e a última ocorrerá no dia 9 de janeiro de 2018.

Foto: CEV


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes