Campeã olímpica e destaque do basquete americano, Breanna Stewart revela ter sofrido abuso sexual quando criança

A jogadora Breanna Stewart, revelação do basquete americano que foi campeã olímpica na Rio 2016, revelou em um texto para o site 'Player's Tribune' que foi abusada sexualmente quando tinha 11 anos de idade (ela tem 23 anos atualmente). 

Ela conta que foi abusada por um amigo próximo de sua família e que por medo, demorou tanto a contar o problema aos seus pais. Após contar os abusos aos pais, eles chamaram a polícia e o abusador confessou o crime e foi preso.

Ela conta como o basquete a fez se sentir mais protegida: " Eu só estava jogando basquete há dois anos. Meus pais me colocaram no esporte apenas para me manter ocupado. Eu era uma criança com muito tempo livre e nada a fazer. Eventualmente, ninguém teve que me obrigar a ir. Eu queria jogar. O basquete tornou-se uma espécie de espaço seguro para mim. Mas nenhum espaço parecia completamente seguro." Explicou.

Breanna também conta da dificuldade de lidar com os seus sentimentos e como é difícil ter que contar sobre esse momento difícil de sua vida. Mas que a revelação de abuso sofrido pela ex-ginasta McKayla Maroney a incentivou a contar seu caso: "Eu sei que estou fazendo algo completamente fora de mim, escrevendo isso. Na verdade, essa é uma das coisas mais difíceis que já fiz. Mas eu estava lendo recentemente a conta pessoal de McKayla Maroney sobre abuso sexual - uma das muitas histórias poderosas que a campanha #MeToo inspirou - e eu me senti ... menos sozinha. Talvez esse seja o ponto. Nossas experiências são diferentes. A forma como lemos é diferente. Mas nossas vozes são importantes."

Breanna Stewart é a terceira grande atleta aderindo a campanha #MeToo e falando publicamente sobre um abuso sexual sofrido. As Ex-ginastas Tatiana Gutsu e McKayla Maroney foram as primeiras. A Ala-pivô é uma das grandes revelações do basquete feminino norte americano, que deverá comandar o Estados Unidos em mais um ouro no basquete feminino em Tóquio-2020.

Para ler o texto de Breanna na íntegra, só clicar aqui (texto em inglês)


foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes